ECOTURISMO, GESTÃO PARTICIPATIVA E DILEMAS LOCAIS: UMA ANÁLISE NA APA DO PURAQUEQUARA

Fagno Oliveira

Resumo


Este artigo apresenta uma análise do contexto da gestão participativa de comunidades locais em uma área de uso sustentável prescrita no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC, 2000), no ato de criação, implementação e gestão dessas áreas. A pesquisa foi desenvolvida na cidade de Manaus, estado do Amazonas, em três comunidades ribeirinhas localizadas em uma Área de Proteção Ambiental em processo de implementação. A metodologia utilizada consistiu em revisão bibliográfica e utilização da técnica de observação direta intensiva. As comunidades avaliadas foram: Igarapé da Floresta, Santa Luzia e São Francisco do Mainã localizadas no rio Puraquequara. Foram entrevistadas 62 pessoas, realizando levantamento sobre “unidades de conservação, turismo, problemas locais e atuação do governo”. Os resultados obtidos apontam a necessidade de atuação do governo municipal e estadual, na execução de estratégias e planos para o conhecimento sobre áreas protegidas, conservação ambiental e participação local.

Palavras-chave


Ecoturismo; Planejamento e gestão; Desenvolvimento local

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).