APONTAMENTOS PARA UMA TEORIA DA CORRUPÇÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DO PATRIMONIALISMO E DA ANTROPOLOGIA POLÍTICA

Márcio Bonini notari

Resumo


RESUMO

          

 O presente artigo tem como objeto de estudo analisar a corrupção frente ao seu aspecto  num primeiro momento, as múltiplas faces conceituais sob o ângulo da sociologia e da teoria política. Num segundo instante, será analisado a temática levara em consideração uma visão histórica, tendo como objeto de verificação o modelo patrimonialista de Raymundo Faoro, procurando destacar a construção do modelo do Estado brasileiro, em relação à administração pública. Em terceiro plano, será feita uma incursão a partir da leitura do fenômeno corruptivo sob o ângulo da antropologia política.

 

 Palavras chaves: Corrupção, teoria política, patrimonialismo, antropologia.

 

 RESUMEN

 

 Este artículo tiene como objeto de estudio el análisis de una corrupción frente a su aspecto en el primer momento, ya que las múltiples visiones conceptuales bajo el ángulo de la sociología y la teoria política. Num segundo instante, se ha analizado una temática de levara en una visión histórica, teniendo como objeto de revisión o el modelo patrimonialista de Raymundo Faoro, buscando la construcción del modelo del Estado brasileño, en relación a la administración pública. En tercer plano, se hizo una incursión a partir de la lectura del fenómeno corruptivo en el ángulo de la antropología política.

 

Palabras clave: la corrupción, la teoría política, patrimonialismo, la antropología.

 


Palavras-chave


Corrupção, patrimonialismo teoria política e antropologia

Texto completo:

PDF 30-47

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos Ideológicos do Estado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985. Tradução: Walter José Evangelista e Maria Laura Viveiros de Castro.

AVRITZER, Leonardo e FIGUEIRAS, Fernando (organizadores). Corrupção e Sistema Político no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

____. Corrupção e controles democráticos no Brasil. Brasília, DF: CEPAL. Escritório no Brasil/IPEA, 2011. (Textos para Discussão CEPAL-IPEA, 32).

AVRITZER, Leonardo. Corrupção: ensaios e críticas /... [ET al], Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

BOBBIO, Norberto. Dicionário de política. Brasília: Editora: Universidade de Brasília, 1 la ed., 1998.

CHAIA, Vera; TEIXEIRA, Marco Antônio. Democracia e Escândalos Políticos: São Paulo em Perspectiva, 15(4) 2001.

DELPIAZZO, Carlos. LEAL, Rogério G. Ética Pública y Patologías Corruptivas. Universidad de Montevideo, 2014.

FAORO, Raymundo Faoro. Os donos do poder: formação do patronato brasileiro. 2. Ed. ver. E aumentada. Porto Alegre, Globo; São Paulo, Ed. da Universidade de São Paulo, 1975.

FILGUEIRAS, Fernando. Corrupção, legitimidade e democracia. Editora UFMG, 2008.

____. Comunicação Política e Corrupção. Rev. Estud. Comum, Curitiba, v. 9, n. 19, p. 77-87, maio/ago. 2008.

____. A tolerância à corrupção no Brasil: uma antinomia entre normas morais e prática social. Opinião Pública, Campinas, vol. 15, nº 2, Novembro, 2009, p.386-421.

LEAL, Rogério Gesta. Patologias Corruptivas nas Relações entre Estado, administração pública e sociedade. Causas, consequências e tratamentos. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2013.

MASCARO, Alysson Leandro. Crítica da Legalidade e do Direito Brasileiro, São Paulo: Quartier Latin, 2003.

RAMINA, Larissa L.O. Ação Internacional contra a Corrupção. Curitiba. Juruá. 2008.

RIBEIRO, Renato Janine. A sociedade contra o social: o alto custo da vida política no Brasil – São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

RONZANI, Dwight Cerqueira. Corrupção, Improbidade Administrativa e Poder Público no Brasil. Revista da Faculdade de Direito de Campos, Ano VIII, Nº 10 - Junho de 2007.

SILVA, Marcos Fernandes Gonçalves. A economia política da corrupção. Estudos Econômicos da Construção (1996). www.transparency.org. Data de acesso: 31.03.2007.

SILVEIRA, Daniel Barille. Patrimonialismo e a Formação Do Estado Brasileiro: Uma Releitura Do Pensamento De Sergio Buarque de Holanda, Raymundo Faoro e Oliveira Vianna. CONPEDI, 2006.

SCHILLING, Flávia. Corrupção: ilegalidade intolerável? : comissões parlamentares de inquérito e a luta contra a corrupção no Brasil (1980 – 1922). São Paulo: IBBCRIM, 1999.

____. Governantes e governados, público & privado: alguns significados da luta contra a corrupção, o segredo e a mentira na política. Revista da USP, São Paulo, v. 37, 1998.

WEBER, Max. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. Editora Universidade de Brasília, 1999.




Direitos autorais 2017 Revista Eletrônica do Mestrado em Direito da UFAL



Revista Eletrônica do Mestrado em Direito da Ufal no Facebook:

INDEXADA EM:

Endereço:

Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Faculdade de Direito de Alagoas. Programa de Pós-Graduação em Direito. Campus A. C. Simões Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins. CEP: 57072-970 Maceió – Alagoas – Brasil.

E-mail: revistamestradodireitoufal@gmail.com 

Telefone: 82-3214-1255