Mudanças no ordenamento legal da educação brasileira como reflexo do avanço das forças do mercado e da extrema direita

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2024v16n38pe17561

Palavras-chave:

Educação , materialismo histórico-dialético, Pedagogia Histórico-Crítica

Resumo

Este artigo se propõe a uma análise sumária das causas e consequências da crise do sistema do capital, recorrendo a alguns dos principais teóricos do campo do materialismo histórico-dialético e aos elementos analíticos da Pedagogia Histórico-Crítica presente na obra Escola e Democracia de autoria de Dermeval Saviani para compreensão deste fenômeno, que se agrava rapidamente nas últimas décadas. Estas bases teóricas fornecem subsídios importante para se pensar um novo modelo de educação pública, com uma perspectiva de acesso universal, democrática, crítica e emancipatória. Consideramos também que essa vertente teórica colabora com elementos importantes para refletir sobre a relação entre Estado e currículo, associada a questão da democracia como valor essencial na atual contemporaneidade. O texto também analisa como as transformações estruturais no interior do Estado se refletem no sistema de educação à proporção que ocorre o rompimento com o pacto constitucional de 1988 e com toda a legislação derivada construída pela sociedade nos anos seguintes. Reflete sobre duas relevantes inciativas no âmbito dos sistemas de educação do país, a Lei da Escola sem Partido e a Reforma do Ensino Médio, visando apreender os fundamentos políticos e ideológicos que orientaram a sua proposição. Na conclusão, à título de síntese, é realizado um balanço dos pontos centrais do texto com sugestões de algumas outras variáveis que poderão servir como parâmetros de reflexão em face dos atuais desafios da educação brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jailton de Souza Lira, Centro de Educação/Universidade Federal de Alagoas.

Professor Adjunto da Universidade Federal de Alagoas. Graduado em História e Pedagogia, Especialista em Educação em Direitos Humanos, Mestre e Doutor em Educação. Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação. Presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas. Pesquisa as temáticas de História da Educação em Alagoas, Financiamento da Educação, Planos de Cargos e Carreiras Educacionais, Políticas Educacionais, Gestão Democrática da Educação, Direitos Humanos e Movimento Sindical.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Aparelhos Ideológicos de Estado. 3ª edição. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1987.

BOITO JÚNIOR, A Reforma e crise política no Brasil: os conflitos de classe nos governos do PT. São Paulo: Unicamp/Unesp, 2018. BRASIL.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Atualizada e ampliada. São Paulo: Saraiva, 2013.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. Câmara dos Deputados, Brasília, 2014.

CASTELLS, M. Ruptura. A crise da democracia liberal. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 2018.

FERREIRA, Eliza Bartolozzi. A contrarreforma do ensino médio no contexto da nova ordem e progresso. Educ. Soc., Campinas, v. 38, no. 139, p.293-308, abr.-jun., 2017.

FRIGOTTO, G. (org.) Escola “sem” partido: esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira. Rio de Janeiro: UERJ/LPP, 2017.

GRAMSCI, A. Os intelectuais e a organização da cultura. 6. ed. Tradução: Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1988. (Coleção perspectiva do homem, v. 48).

GRAMSCI, A. Maquiavel: notas sobre o Estado e a política. 2. ed. Trad. Carlos Nelson Coutinho et al. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. (Cadernos do Cárcere, v. 3.).

HERMIDA, J. F.; LIRA, J. de S. Estado e neoliberalismo no Brasil (1995-2018). Cadernos de Pesquisa: pensamento educacional, v. 13, n. 35, p. 38-63, set./dez. 2018a.

HERMIDA, J. F.; LIRA, J. de S. O programa escola livre em Alagoas, a crise de acumulação do capital e o fortalecimento da direita política brasileira. Revista Exitus, v. 8, n. 1, p. 141-170, jan/abr. 2018b.

HERMIDA, Jorge Fernando; LIRA, Jailton de Souza. Quando fundamentalismo religioso e mercado se encontram: as bases históricas, econômicas e políticas da escola sem partido. Roteiro, Joaçaba, v. 45, p. 1-32, jan./dez. 2020.

MARX, K. O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Boitempo, 2011.

MÉSZÁROS, I. A montanha que devemos conquistar, São Paulo: Boitempo, 2015.

MIGUEL, L. F. Da “doutrinação marxista” à “ideologia de gênero” – Escola Sem Partido e as leis da mordaça no parlamento brasileiro. Revista Direito e Práxis, Rio de Janeiro, 7, set. 2016.

MOTTA, Vânia Cardoso; FRIGOTTO, G. Por que a urgência da reforma do ensino médio? medida provisória no 746/2016 (lei no 13.415/2017). Educ. Soc., Campinas, v. 38, no. 139, p.355-372, abr.-jun., 2017.

NICOLAU, J. Prefácio. In: LEVITSKY, S.; ZIBLATT, D. Como as democracias morrem. Rio de Janeiro: Zahar, 2018.

NUNES, Ana Carolina de Oliveira; LIRA, Jailton de Souza. Educação e controle de constitucionalidade: O projeto “escola livre” em Alagoas. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 13, n. 27, p. 593-834, set./dez. 2019 (715-727). Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia. 32. ed., Campinas, SP: Autores Associados, 1999.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-crítica: primeiras aproximações. 11ª. ed. ampliada e revisada. Campinas: Autores Associados, 2013.

SAVIANI, D. A pedagogia no Brasil: história e teoria. 2ª. ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

PONCE, A. Educação e luta de classes. 24. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2015.

RIKOWSK, Glenn. Privatização em educação e formas de mercadoria. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 11, n. 21, p. 393-413, jul./dez. 2017. Disponível em: https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/810/pdf

SINGER, A. O lulismo em crise: um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016). São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

LAVAL, Christian. A escola não é uma empresa. O neoliberalismo em ataque ao ensino público. São Paulo: Boitempo, 2019.

(Capítulo O grande mercado da educação, p. 143-168). Disponível em:

file:///C:/Users/Home/Desktop/DISCIPLINA%20POEB%202022.2/TEXTOS%20POEB%202023/A%20Escola%20na%CC%83o%20e%CC%81%20uma%20Empresa%20-%20Christian%20Laval.pdf

Downloads

Publicado

2024-05-29

Como Citar

LIRA, Jailton de Souza. Mudanças no ordenamento legal da educação brasileira como reflexo do avanço das forças do mercado e da extrema direita. Debates em Educação, [S. l.], v. 16, n. 38, p. e17561, 2024. DOI: 10.28998/2175-6600.2024v16n38pe17561. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/17561. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: 40º aniversário do livro Escola e Democracia: contribuição e novos desafios

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.