DIÁLOGO COM O SENTIDO DA EXPERIÊNCIA NA EDUCAÇÃO GEOGRÁFICA: LIMITES E POSSIBILIDADES

Autores

  • Rachel Freire Torrez de Souza

Palavras-chave:

Prática Curricular, Educação Geográfica, Experiência.

Resumo

O presente artigo apresenta reflexões críticas no campo do currículo e da prática docente em geografia, inserindo-as numa discussão sobre os limites da significação do conhecimento escolar e as possibilidades de (des)construção dos sentidos da aprendizagemensino a partir da experiência. Visamos repensar a significação do conhecimento a partir de outras experiências de formação, potencializadoras de novos olhares epistêmicos sobre o currículo, o sujeito, o conhecimento e a linguagem geográfica desde a experiência.

Downloads

Publicado

07/03/2018

Edição

Seção

Artigos