TECNOLOGIAS LEVES NO CUIDADO DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA AO PARTO HUMANIZADO

Autores

  • Carla Souza dos Anjos
  • Joyce Kelly da Silva
  • Lucas Kayzan Barbosa da Silva

Resumo

Introdução: Adesão de tecnologias leves são essenciais para o acolhimento em saúde, promovendo
a humanização no atendimento, bem como a criação do vínculo entre o paciente e o profissional. Objetivo:
Analisar a adesão das tecnologias leves na assistência em enfermagem obstétrica. Metodologia: Revisão
integrativa da literatura em base de dados LILACS, BDENF e MOSAICO. Foram incluídos artigos
publicados com textos completos, entre o período de 2015 a 2020 e nos idiomas inglês e português. Os
Descritores em Ciências da Saúde utilizados para a busca foram: “enfermagem obstétrica AND humanização
da assistência AND saúde da mulher AND tecnologias”. Resultados e discussão: Foram identificados 21
artigos, destes 7 atendiam ao critério de inclusão. Nisso, o enfermeiro obstetra como o responsável pelo
acolhimento das puérperas nas maternidades. Outrossim, conforme a literatura as tecnologias leves mais
utilizadas pelos enfermeiros obstetras são: banho por aspersão, bola suíça, musicoterapia, deambulação e/ou
livre movimentação e contato pele a pele após o nascimento da criança. Conclusão: As tecnologias leves são
fundamentais para promover a humanização do parto, bem como promover autonomia da mulher durante o
trabalho de parto.

Referências

DUARTE, M. R. et al. Tecnologias do cuidado na enfermagem obstétrica: contribuição para o parto

e nascimento. Cogitare enferm., Curitiba, v.24, 2019.

MARINS, R. B. et al. Tecnologias de cuidado para o alívio da dor na parturição. Revista de

Pesquisa: Cuidado é Fundamental, Rio de Janeiro, p.275-280, 2020.

PRATA, J. A. et al. Non-invasive care technologies: nurses' contributions to the demedicalization of

health care in a high-risk maternity hospital. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v.23, n.2, 2019.

SILVA, M. R. B. da. et al. Tecnologias não invasivas: conhecimento das mulheres para o

protagonismo no trabalho de parto. Nursing, São Paulo, 2020.

VARGENS, O. M. da C. et al. Association between non-invasive nursing care technologies during

childbirth and neonatal vitality: a cross-sectional study. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v.23,

n.4, 2019.

VARGENS, O. M. da C. et al. Tecnologias não-invasivas de cuidado de enfermagem obstétrica:

repercussões sobre a vitalidade do recém-nascido. Revista Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro,

v.25, 2017.

VARGENS, O. M. da C.; SILVA, A. C. V. da; PROGIANTI, J. M. Contribuição de enfermeiras

obstétricas para consolidação do parto humanizado em maternidades no Rio de

Janeiro-Brasil. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v.21, n.1, 2017.

Downloads

Publicado

09/09/2021

Como Citar

Anjos, C. S. dos, Silva, J. K. da, & Silva, L. K. B. da . (2021). TECNOLOGIAS LEVES NO CUIDADO DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA AO PARTO HUMANIZADO. Gep News, 5(1), 02–05. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/12833

Edição

Seção

Artigos