PERFIL NUTRICIONAL DE PACIENTES COM CÂNCER COLORRETAL

QUAL O MELHOR MÉTODO DIAGNÓSTICO?

Autores

  • Thaynara Roberto da Silva Gomes
  • Samara Cléssya Lucena de Azevedo
  • Samara Bomfim Gomes Campos
  • Marilia Oliveira Fonseca Goulart
  • Fabiana Andréa Moura

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil nutricional de pacientes com câncer colorretal (CCR) e identificar qual melhor método diagnóstico de avaliação nutricional nesses pacientes. Para isso, foram avaliados pacientes atendidos no ambulatório de coloproctologia do HUPAA com diagnóstico de CCR no período de outubro de 2016 a maio de 2018. Foram analisados 31 pacientes. A prevalência de desnutrição variou conforme o método de diagnóstico: 41,9% para o índice de massa corporal (IMC), 80% para a avaliação subjetiva global (ASGPPP) e 29,2% para força da preensão palmar (FPP). Em relação a ingestão de macronutrientes este se mostrou inadequado, abaixo da recomendação. Por sua vez, a ingestão de micronutrientes também apresentou variações, a exemplo das vitaminas A, E e C, e dos minerais selênio e zinco. Adicionalmente, o consumo de fibras na maioria dos pacientes está abaixo da recomendação da RDA. Então, cabe ressaltar a importância da atenção nutricional, pois a dieta tem relação direta com o prognóstico dos pacientes.

Referências

CUPPARI, L. Guia de nutrição: clínica no adulto. 3. ed. Barueri, SP: Manole, 2014.

RIBEIRO, S. M. et al. Copper-Zinc ratio and nutritional status in colorectal câncer patients during the perioperative period. Acta. Cir. Bras., São Paulo, v.31, p.24-8, 2016. Suppl.1.

Downloads

Publicado

09/09/2021

Como Citar

Gomes, T. R. da S. ., Azevedo, S. C. L. de ., Campos, S. B. G. ., Goulart, M. O. F. ., & Moura, F. A. . (2021). PERFIL NUTRICIONAL DE PACIENTES COM CÂNCER COLORRETAL: QUAL O MELHOR MÉTODO DIAGNÓSTICO?. Gep News, 5(1), 132–134. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/12882

Edição

Seção

Artigos