O PROTAGONISMO DA ENFERMAGEM NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE SAÚDE DURANTE A PANDEMIA COVID 19

Autores

  • Anne Karolyne da Silva Alves
  • Jaqueline Maria Silva dos Santos
  • Raquel Ferreira Lopes

Resumo

Introdução: a pandemia desencadeada pelo COVID-19, afetou o trabalho de diversos profissionais da saúde, os quais têm lutado incansavelmente nos cuidados aos infectados e na contenção da disseminação do vírus. Entre os trabalhadores da saúde, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem e Auxiliares de Enfermagem representam maioria nos serviços públicos e privados, sendo essenciais e considerados nucleares na estrutura das profissões da saúde. Objetivo: relatar o protagonismo dos profissionais de enfermagem no gerenciamento de saúde durante a pandemia do COVID 19. Métodos: Trata-se de um estudo de revisão integrativa, através das bases de dados, LILACS, SciELO e a BDENF, Resultados e Discussão: destacando-se medidas de higiene e desinfecção do ambiente; detecção e notificação precoce dos casos suspeitos; medidas de isolamento nos serviços de saúde e a utilização de equipamentos de proteção individual, o trabalho da equipe de enfermagem requer competência técnica e científica, conhecimento, habilidade e controle emocional sobre a prática, tendo em vista que a assistência apresenta situações de risco, desgaste físico e emocional, responsabilidades com a vida das pessoas, enfrentamento de medos e sofrimentos. Considerações Finais: nessas circunstâncias o papel da equipe de enfermagem não se limita apenas com EPI, vai muito além é necessário protocolos institucionais, deve envolver treinamentos sobre as precauções-padrão, visando a uma assistência segura, bem como abarcar elementos comportamentais relacionados ao fortalecimento do trabalho em equipe e à interação para a educação de familiares.

Referências

BELASCO, A. G. S; FONSECA, C. D. da. Coronavírus 2020. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v.73, n.2, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S00371 672020000200100&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2020.

BITENCOURT, J. V. de O. V. et al. Protagonismo do enfermeiro na estruturação e gestão de uma unidade específica para COVID-19. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v.29, e.20, p.200-213, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010407072 020000100207&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2020.

DAL’BOSCO, E.B. et al. A saúde mental da enfermagem no enfrentamento da COVID-19 em um hospital universitário regional. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v.73, e.20, p.200-434, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672020001400153&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2020.

LANA, R. M. et al. Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.36, n.3, e5, p.19-20, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102311X2020000300301&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2020.

MARTINS, J. da S. et al. Gestão de enfermagem no centro cirúrgico em hospital filantrópico, frente à pandemia COVID-19. Revista ciência & humanização hospital de clínicas de passo fundo, Passo Fundo, v.1, n.1, p.52-61, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1X2020000300301&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). IHR procedures concerning public health emergencies of international concern (PHEIC). 2020. Disponível em: http://www.who.int/ihr/procedures/pheic/en/. Acesso em: 18 out. 2020.

Downloads

Publicado

09/09/2021

Como Citar

Alves, A. K. da S. ., Santos, J. M. S. dos ., & Lopes, R. F. . (2021). O PROTAGONISMO DA ENFERMAGEM NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE SAÚDE DURANTE A PANDEMIA COVID 19. Gep News, 5(1), 200–204. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/12898

Edição

Seção

Artigos