USO DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO CUIDADO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO EM TEMPO DE PANDEMIA

Autores

  • Sarah Lins de Barros Moreira
  • Rosa Elisa Pasciucco da Costa
  • Aissa Medeiros Freire
  • Rhaissa Rafaelle Leon de Souza
  • Litiany de Souza Lima Tavares

Resumo

Os profissionais que trabalham em hospitais desempenham papéis indispensáveis na assistência à população acometida pela COVID 19, sendo os mais vulneráveis em virtude da intensificação do trabalho perante os níveis de infecção. Objetivo: relatar a experiência do Projeto Cuidando de Nós através da implantação das Práticas Integrativas e Complementares - PICs em profissionais de saúde em um hospital universitário durante a pandemia. Metodologia: O projeto iniciou em abril de 2020 e realiza atendimento em saúde mental a todos os profissionais do hospital. Dentre as PICs: a auriculoterapia, meditação, acupuntura, práticas corporais alternativas, ventosa terapia e terapia floral. As ações do projeto consistem em orientações, acolhimento e cuidados aos trabalhadores, onde foi formada uma comissão multidisciplinar que elaborou o projeto com apoio para implantação e implementação das ações, construção e divulgação dos fluxos, campanhas e monitoramento dessas ações. Resultados: Profissionais atendidos: 66 profissionais na auriculoterapia e meditação; 132 na acupuntura; 136 sessões de práticas corporais; ventosa e terapia floral. Os profissionais relataram que as PICs foram eficazes para a melhoria da qualidade do sono, da tensão muscular, alívio da ansiedade e estresse, além disso serviu como medidas de auxílio no alívio das queixas relacionas a saúde mental dos profissionais de saúde.

Referências

BRASIL. Portaria nº 971, de 03 de maio de 2006. Aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0971_03_05_2006.html. Acesso em: 15 out. 2020.

MEDEIROS, J. M. A vivência do ambiente hospitalar pela equipe de Enfermagem.

Dissertação (Mestrado em ciências da saúde) – Pontifícia Universidade

Católica de Goiás, Goiânia. 2011. Disponível em: http://tede2.pucgoias.ed

u.br:8080/handle/tede/3137. Acesso em: 15 out. 2020.

MELO, S. C. C. et al. Práticas complementares de saúde e os desafios de sua

aplicabilidade no hospital: visão de enfermeiros. Rev. bras. enferm., Brasília, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S003471672013000600005&script=sci_abstract&tlng=

pt. Acesso em: 15 out. 2020.

Downloads

Publicado

09/09/2021

Como Citar

Moreira, S. L. de B. ., Costa, R. E. P. da ., Freire, A. M. ., Souza, R. R. L. de ., & Tavares, L. de S. L. . (2021). USO DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO CUIDADO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO EM TEMPO DE PANDEMIA. Gep News, 5(1), 308–311. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/12921

Edição

Seção

Artigos