REFLEXÃO SOBRE OS DADOS DE MORBIMORTALIDADE DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE EM ALAGOAS POR COVID-19

Autores

  • Bruna Kívia da Silva Cândido
  • Ailla Gabrielli Costa Silva
  • Lenira Maria Wanderley Santos de Almeida

Resumo

Na linha de frente de combate à disseminação do novo coronavírus estão os profissionais de saúde, submetidos a maior exposição e chance de contágio, jornadas de trabalho desgastantes, sobrecarga de afazeres e situações de estresse e medo. Diante dessa situação, esse trabalho se propôs a estudar os dados de morbimortalidade por covid-19 destes profissionais em Alagoas, disponibilizados abertamente pelos órgãos oficiais de saúde. Metodologia: Estudo transversal, quantitativo e descritivo, a partir de dados de domínio público, de março a outubro de 2020. Resultados e discussão: Os dados disponibilizados pelos órgãos de saúde apresentam divergências nos valores totais de casos confirmados, limitações quanto à categorização e caracterização dos profissionais. Soma-se a essa dificuldade a subnotificação dos casos. Tais inconsistências prejudicam o planejamento de medidas de prevenção, proteção e recuperação da saúde desses trabalhadores. Conclusões: A análise da situação de tais profissionais se apresenta como um desafio em face das divergências de dados nas diferentes bases de dados oficiais. Assim, mais estudos com recortes específicos dessa temática se mostram necessários.

Referências

ALAGOAS. Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (SESAU). Informe Epidemiológico Covid-19. Maceió, n.231, 23 out. 2020a. Disponível em: https://www.saude.al.gov.br/wp-content/uploads/2020/10/Informe-Epidemiologico-COVID-19-no-231-23-10-2020.pdf. Acesso em: 23 out. 2020.

ALAGOAS. Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (SESAU). Painel Covid-19 em Alagoas: Série histórica dos casos confirmados. [Maceió], p.10-11, 23 out. 2020b. Disponível em: http://bit.ly/Covid19AL. Acesso em: 23 out. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Especial: Doença pelo Coronavírus Covid-19. Brasília, n.34, out. 2020a. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/October/08/Boletim-epidemiologico-COVID-34.pdf. Acesso em: 3 out. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Notificações de Síndrome Gripal: Dados AL. [s.l.], 23 out. 2020b. Disponível em: https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/ckan.saude.gov.br/dados-al.csv. Acesso em: 23 out. 2020.

GALLASCH, C. H. et al. Prevenção relacionada à exposição ocupacional do profissional de saúde no cenário de COVID-19. Revista Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, v.28, abr. 2020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/view/49596. Acesso em: 12 out. 2020.

SILVA, J. S. et al. Reflexiones sobre los riesgos ocupacionales en trabajadores de salud en tiempos pandémicos por COVID-19. Revista Cubana De Enfermería, [s.l.], v.36, n.2, 2020. Disponível em: http://revenfermeria.sld.cu/index.php/enf/article/view/3738/555. Acesso em: 24 out. 2020

TEIXEIRA, C. F. S. et al. A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v.25, n.9, p.3465-3474, set. 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020000903465&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 12 out. 2020.

Downloads

Publicado

09/09/2021

Como Citar

Cândido, B. K. da S. ., Silva, A. G. C. ., & Almeida, L. M. W. S. de . (2021). REFLEXÃO SOBRE OS DADOS DE MORBIMORTALIDADE DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE EM ALAGOAS POR COVID-19. Gep News, 5(1), 443–445. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/12949

Edição

Seção

Artigos