Saúde e Cidadania – Transformando a Escola em Promotora de Saúde da Comunidade

Autores

  • Eline Deise Alves da Silva Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes
  • Rosany Larissa Brito de Oliveira Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes
  • Leandro de Mello Azevedo Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes
  • Valtuir Barbosa Felix Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes
  • Terezinha Barbosa da Silva Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes

Palavras-chave:

Relações Comunidade-Instituição. Saúde Escolar. Odontologia. Promoção em saúde.

Resumo

Promoção em saúde bucal consiste em ações preventivas de caráter coletivo que visam conscientizar os indivíduos em relação a sua própria saúde. Nesse contexto, a educação em saúde busca a integração entre o teórico e a prática. A Educação em Saúde Bucal possui papel relevante na prevenção dos problemas bucais, pois conscientiza o indivíduo sobre as doenças que podem acometê-lo, capacitando-o a interferir positivamente em sua saúde. A escola é considerada um espaço ideal para o desenvolvimento de estratégias que promovam saúde, devido sua abrangência e o fato de serem também responsáveis pela formação de atitudes e valores. OBJETIVO: o objetivo desse trabalho é proporcionar integração entre a escola, a comunidade e todos os participantes do projeto, visando a promoção da saúde na comunidade escolar de forma mais efetiva baseando-se nos princípios da integralidade, da participação e controle social, da atenção básica do SUS, buscando formar cidadãos-alunos e familiares para defesa cotidiana dos direitos à cidadania. METODOLOGIA: Este trabalho faz parte do Projeto de Extensão Universitária, vinculado à Universidade Federal de Alagoas, intitulado “Saúde e Cidadania – Transformando a escola em promotora de saúde da comunidade”. O projeto teve a duração de 12 meses onde foram realizadas atividades de educação em saúde dirigida à população alvo, através de palestras, orientação de higiene bucal, aplicação tópica de flúor e escovação supervisionada, criação de oficinas de protagonismo juvenil e jovens promotores de educação e saúde de acordo com o cronograma. RESULTADOS: foi desenvolvida metodologia de educação comunitária que contribuiu com a formação e capacitação dos alunos, pais e professores, no tocante à saúde bucal, contribuindo assim, não só para melhorar a condição de saúde bucal, mas também para o aumento da qualidade de vida. Observou-se que as atividades preventivas de saúde bucal tiveram boa aceitação por parte dos alunos da Escola Estadual Maria Ivone Santos Oliveira. Além disso, a participação ativa dos alunos nas atividades, foi um importante recurso mediador, promovendo maior interação das crianças e adolescentes com todos os profissionais participantes do projeto. CONSIDERAÇÕES FINAIS: as atividades lúdicas e preventivas desenvolvidas contemplam os objetivos aos quais se propõem, promovendo as práticas de autocuidado, de socialização, criando jovens multiplicadores de saúde na escola e na comunidade.

Downloads

Publicado

01/08/2018

Como Citar

Silva, E. D. A. da, Oliveira, R. L. B. de, Azevedo, L. de M., Felix, V. B., & Silva, T. B. da. (2018). Saúde e Cidadania – Transformando a Escola em Promotora de Saúde da Comunidade. Gep News, 2(2), 50–55. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/5239

Edição

Seção

Artigos