Desafios na Promoção em Saúde Mental na Atenção Básica: Reflexão a Partir de uma Experiência de Campo

Autores

  • Kenedy Ânderson da Silva Centro Universitário Tiradentes
  • Hélton Walner Souto Santos Universidade Federal de Alagoas

Palavras-chave:

Saúde mental. Atenção básica. Atuação da psicologia. NASF.

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo discutir os desafios na promoção em saúde mental na atenção básica a partir da experiência de estágio realizada com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em um município do interior de Alagoas.Nesse contexto, discute-se a despatologização das ações em saúde mental como principal desafio para os/as profissionais da psicologia. Como reflexos dessa discussão, questionam-se a função diagnóstica da psicologia na saúde pública e os princípios éticos e técnicos das intervenções em saúde mental. Trata-se da experiência de estágio básico curricular vinculado ao Centro Universitário Tiradentes (UNIT) e supervisionado pelo psicólogo da equipe NASF municipal. As reflexões acerca do tema proposto surgiram a partir das atividades desenvolvidas junto à equipe, como: atendimentos individuais, visitas domiciliares compartilhadase participação na campanha Circuito da Mulher, pertencente às ações de promoção em saúde da mulher preconizadas pelo Ministério da Saúde. As discussões aqui desenvolvidas foram apoiadas por debates e artigos de outros profissionais e pesquisadores na área disponibilizados no bancos de dados científicos - SciELO e nos documentos oficiais do Ministério da Saúde e do Conselho Federal de Psicologia. Os critérios de seleção dos artigos foram: período de publicação entre 2010 e 2017 e os descritores saúde mental, atenção básica, atuação da psicologia,NASF.Concluiu-se que a atuação dos/das profissionais da psicologia na saúde pública ainda está vinculada ao modelo ambulatorial individual, que foi considerado como reflexo da patologização da atenção em saúde mental e da crítica à função diagnóstica da psicologia na Atenção Básica. A lógica do matriciamento em saúde mental também foi considerada como um desafio para a psicologia no que se refere ao planejamento de ações mais integradas entre equipes de referência (Atenção Básica) e equipes multiprofissionais (NASF e CAPS).

Downloads

Publicado

01/08/2018

Como Citar

Silva, K. Ânderson da, & Santos, H. W. S. (2018). Desafios na Promoção em Saúde Mental na Atenção Básica: Reflexão a Partir de uma Experiência de Campo. Gep News, 2(2), 177–183. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/5263

Edição

Seção

Artigos