OS ACIDENTES DE TRABALHO COM MATERIAIS BIOLÓGICOS ENTRE OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

Autores

  • Linda Concita Nunes Araújo Faculdade Estácio de Alagoas
  • Ana Simone Silva do Nascimento Faculdade Estácio de Alagoas
  • Juliana de Morais Calheiros Faculdade Estácio de Alagoas
  • Arly Karolyne Albert Alves Santos Faculdade Estácio de Alagoas
  • Margarete Batista da Silva Faculdade Estácio de Alagoas

Palavras-chave:

Notificação de Acidentes de Trabalho. Exposição a Agentes Biológicos. Equipe de Enfermagem.

Resumo

O estudo tem por objeto os acidentes de trabalho com materiais biológicos entre os profissionais de enfermagem registrados pelo Centro de Referência de Saúde do Trabalhador. O CEREST tem como objetivo preservar a saúde do trabalhador, identificar situações de riscos e assegurar os cumprimentos das normas regulamentadoras e leis relacionadas ao trabalho. O estudo tem como objetivo geral descrever quais foram os materiais biológicos que os profissionais de enfermagem entraram em contato após um acidente de trabalho registrados pelo CERESTno ano de 2016. Dos acidentes notificados pelo CEREST, 76,62% dos casos a contaminação ocorreu através do sangue. Os profissionais de enfermagem, assim como todos os outros profissionais da saúde, estão expostos diariamente a uma série de riscos e com excesso de carga de trabalho, podem influir na ocorrência de acidentes. 

Downloads

Publicado

19/12/2018

Como Citar

Araújo, L. C. N., Nascimento, A. S. S. do, Calheiros, J. de M., Santos, A. K. A. A., & Silva, M. B. da. (2018). OS ACIDENTES DE TRABALHO COM MATERIAIS BIOLÓGICOS ENTRE OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM. Gep News, 2(3), 10–16. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/6776

Edição

Seção

Artigos