O USO DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO ATENDIMENTO HUMANIZADO AS CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: uma revisão integrativa da literatura

Autores

  • Nívea Kelly Santos da Silva Universidade Federal de Alagoas
  • Estefane Firmino de Oliveira Lima Universidade Federal de Alagoas

Palavras-chave:

Atividades lúdicas. Atendimento humanizado. Crianças hospitalizadas. Revisão integrativa.

Resumo

Objetivo: Identificar as atividades lúdicas utilizadas por profissionais da saúde no atendimento humanizado as crianças hospitalizadas. Métodos: Revisão integrativa com análise qualitativa nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Periódicos Eletrônicos em Psicologia (PePSIC) e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS). A busca foi realizada através dos descritores “ludoterapia AND crianças hospitalizadas”, “lúdico AND crianças hospitalizadas” e “atividade lúdica AND crianças hospitalizadas” de acordo com a classificação dos Descritores em Ciências da Saúde.Resultados: As principais atividades lúdicas encontradas nos estudos foram brincadeiras, jogos, desenhos, pinturas e leituras. Foi possível constatar o uso combinado de várias atividades lúdicas, assim como, pode-se identificar que os(as) Enfermeiros(as) e Psicólogos(as), foram as categorias profissionais da área da saúde que mais se destacaram no uso das atividades lúdicas. Conclusão: As atividades lúdicas são imprescindíveis tanto para o desenvolvimento infantil, quanto para o processo terapêutico, portanto é considerado pelos profissionais da saúde como um instrumento importante para promover o atendimento humanizado às crianças hospitalizadas.

Downloads

Publicado

19/12/2018

Como Citar

Silva, N. K. S. da, & Lima, E. F. de O. (2018). O USO DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO ATENDIMENTO HUMANIZADO AS CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: uma revisão integrativa da literatura. Gep News, 2(3), 24–30. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/6778

Edição

Seção

Artigos