A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO MULTIDISCIPLINAR NO CONTEXTO DA ESTIMULAÇÃO PRECOCE

Autores

  • Adrielly Cristina de Lima Raimundo
  • Alícia Rebeca de Lima Santos
  • Gabriela do Nascimento Lopes Pessoa
  • Marília Júlia Bezerra da Silva
  • Ana Carolina Vieira Santana

Resumo

A estimulação precoce tem como finalidade estimular o desenvolvimento ou minimizar os efeitos que fatores biopsicossociais adversos podem causar no desenvolvimento infantil. Ocorre através do estímulo dos eixos cognitivo, motor e sensorial. É essencial durante a primeira infância, visto que essa é a fase primordial para o CD da criança. Vários profissionais, entre os quais principalmente os de saúde e educação, tem um papel importante na detecção e intervenção, que visa a redução desses efeitos. Dessa forma, o presente estudo tem por objetivo ressaltar a importância da ação multidisciplinar no contexto da estimulação precoce em crianças que se encontram na primeira infância. É um estudo qualitativo, do tipo relato de experiência das atividades realizadas num Centro de educação Infantil por extensionistas do Projeto de Estimulação Precoce na Primeira Infância – PEPPI/UFAL. A partir de ações articuladas entre discentes dos cursos de enfermagem, terapia ocupacional e pedagogia, foi possível intervir de forma satisfatória, já que cada uma das áreas profissionais pode, a partir de seus conhecimentos, formular atividades a partir dos comprometimentos identificados e de acordo com as faixas etárias, favorecendo a interação social e desenvolvimento de habilidades. Desta forma, o trabalho multidisciplinar representa uma ferramenta de grande importância para as ações de estimulação precoce.

Downloads

Publicado

27/05/2019

Como Citar

Raimundo, A. C. de L., Santos, A. R. de L., Pessoa, G. do N. L., Silva, M. J. B. da, & Santana, A. C. V. (2019). A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO MULTIDISCIPLINAR NO CONTEXTO DA ESTIMULAÇÃO PRECOCE. Gep News, 3(1), 46–52. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/view/7801

Edição

Seção

Artigos