COMPARAÇÃO DA REMOÇÃO DA OBTURAÇÃO DO TERÇO APICAL DE CANAIS RADICULARES CURVOS PELOS SISTEMAS MANI GPR E HYFLEX NT: ESTUDO EM MICROCT

Autores

  • Lara Lais de Lima Monezi
  • Fernanda Freitas Lins
  • Samara Verçosa Lessa
  • Stephanie Borges da Silveira
  • José Cláudio Provenzano
  • Marilia Fagury Videira Marceliano

Resumo

Este estudo comparou ex vivo a remoção de material obturador do terço apical de 40 canais mesiais, IV de Vertucci, de molares inferiores após desobturação e reinstrumentação com os Hyflex NT (HF) e Mani GPR (MN). Os canais foram inicialmente preparados com o sistema Mtwo até 25/06 obturados pela técnica do cone único. Após a obturação, as raízes foram escaneadas em microtomografia computadorizada (MicroCT). Em seguida, cada canal, em uma mesma raiz, foi desobturado com os sistemas em teste, sendo padronizado o diâmetro apical final equivalente a 40/04. O tempo de trabalho também foi registrado. Os dados foram analisados pelo teste T de Student (significância de 5%). Os resultados demonstraram que o volume de material obturador percentual, antes e depois da reintervenção, nos 5 mm apicais da obturação, foi semelhante entre os grupos (P > 0,05). Em relação ao tempo total de desobturação e reinstrumentação, o grupo MN foi mais rápido quando comparado ao grupo HF (P = 0,001). Os sistemas MN e HF apresentaram resultados semelhantes na remoção de material obturador, contudo a técnica com o sistema MN é significativamente mais rápida.

Downloads

Publicado

25/07/2019