CARATERIZAÇÃO E ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE PRÓPOLIS VERMELHA SOBRE PATÓGENOS ORAIS, ISOLADOS DA CAVIDADE BUCAL DE PACIENTES ONCOLÓGICOS

Autores

  • Cecilia Nascimento de Mendonça
  • Nathaly Esperidião de Melo
  • Fernanda Fernandes Alves
  • Ticiano Gomes do Nascimento
  • Marlise Inêz Klein Furlan
  • Regianne Umeko Kamiya

Resumo

A radioterapia em região de cabeça e pescoço pode causar xerostomia, influenciando a microbiota bucal. Bactérias Gram negativas podem causar infecções bucais e metastáticas graves, assim o controle antimicrobiano destas espécies torna-se importante para a prevenção de doenças oportunistas. A própolis vermelha apresenta atividade antioxidante, antitumoral e antimicrobiana. Desta forma, faz-se necessário o estudo do teste, in vitro, da eficiência da própolis vermelha como antisséptico bucal de origem natural contra bactérias Gram negativas oportunistas. Objetivou-se então, caracterizar quimicamente nanopartículas de própolis vermelha e avaliar quanto à atividade antimicrobiana sobre genótipos de Pseudomonas aeruginosa e de espécies de Enterobactérias e Acinetobacter, isolados da cavidade bucal, de indivíduos oncológicos. A avaliação dos componentes do extrato foi realizada por cromatografia HPLC. Foram selecionados 36 genótipos de bactérias Gram negativas. A própolis vermelha nanoencapsulada foi testada nas concentrações de 27 a 500 μg/ml. A microdiluição seriada foi realizada em meio caldo BHI e a Concentração Inibitória Mínima (CIM) foi determinada por espectrofotometria. A CIM foi definida como a menor faixa de concentração do antimicrobiano capaz de inibir 50% do crescimento microbiano. Foram identificados compostos fenólicos em grande concentração, como a liquiritigenina, a isoliquiritigenina e a formononetina. Concentrações de 62,5 a 500 μg/mL do extrato de própolis vermelha inibiram 50% do crescimento de todos os 36 genótipos testados. A própolis vermelha é rica em isoflavanoides e apresenta atividade antimicrobiana efetiva contra bactérias Gram negativas, sugerindo futura aplicabilidade para o equilíbrio da microbiota bucal e prevenção de infecções correlacionadas.

Downloads

Publicado

28/07/2019