EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA ANCORADA EM MINI-IMPLANTES ORTODÔNTICOS: RELATO DE CASO

Autores

  • Janielly Gomes dos Santos Leite
  • Hibernon Lopes Filho
  • Caio Albuquerque Leão
  • Dayanne Hillary Azevedo Santos
  • Lorena de Alencar Gonçalves Ferreira do Amaral
  • Raphaela Lins de Lessa Cavalcanti
  • Silana Nair Barbosa

Resumo

A deficiência transversal da maxila é uma deformidade dento facial caracterizada pela presença de mordida cruzada posterior uni ou bilateral. Seu diagnóstico pode ser feito a partir da avaliação clínica, análise de modelos e medidas radiográficas. Sua etiologia é multifatorial, porém, pode estar relacionada diretamente a hábitos bucais deletérios, como a sucção digital. A expansão rápida da maxila é um método estabelecido de tratamento das discrepâncias transversais. Sua característica refere-se ao fato de a força aplicada aos dentes e aos processos alveolares, através da ativação do parafuso expansor, promover a abertura da sutura palatina mediana. O caso relatado é de uma paciente de 23 anos e 6 meses de idade, mordida cruzada posterior bilateral, apresentando oclusão em classe III. O plano de tratamento proposto foi a técnica de expansão rápida da maxila assistida por mini-implantes (MARPE). Foi realizado o planejamento, confecção, instalação e ativação do MARPE, onde foi adquirido espaço na arcada superior e a paciente segue em tratamento ortodôntico. Após a realização do caso e alguns estudos realizados, foi possível concluir que o MARPE tornou-se uma proposta não cirúrgica aceitável em pacientes adultos, apresentando resultados satisfatórios com baixo custo e menores desconfortos.

Downloads

Publicado

04/08/2019