BACIA HIDROGRÁFICA DO RIACHO EXU, SEMIÁRIDO PERNAMBUCANO: CARACTERIZAÇÃO HIDRO-MORFOLÓGICA

Autores

  • Cicero Gomes Santos Universidade Federal de Alagoas Professor do Curso de Agronomia Campus Arapiraca https://orcid.org/0000-0002-2264-6772
  • Victor Casemiro Piscoya Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Douglas Monteiro Cavalcante Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Igor Gledson de Oliveira Santos Universidade Federal de Alagoas
  • José Ramon Barros Cantalice Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.28998/rca.v18i3.10568

Palavras-chave:

Morfometria, hidrologia florestal, manejo de bacias.

Resumo

A bacia do riacho Exu, localizada no semiárido Pernambucano, caracteriza-se por apresentar uma alta variabilidade hidrológica, com breves períodos de chuvas concentradas e grandes variações temporais de recorrência, consequentemente, com ocorrência de pico de escoamento superficial. Objetivou-se caracterizar morfologicamente e hidrologicamente a bacia hidrográfica do riacho Exu, através de técnicas de Sensoriamento Remoto. A caracterização hidro-morfológica da bacia hidrográfica do riacho Exu, foi obtida através da geração de mapas de imagem SRTM (Missão de Topografia Radar Schuthle), com resolução espacial recalculada para 30 metros, e configuração de banco de dados, utilizando o software ArcGIS 9.1. Dentre os resultados obtidos, a bacia hidrográfica do riacho Exu, apresenta uma área de drenagem de 579,40 km2 e um perímetro de 138,89 km, com um fator forma baixo de 0,387 e um coeficiente de compacidade de 1,62. Os resultados permitem o enquadramento da rede de drenagem, como média, muito dissecada e muito ramificada, com canais de quinta ordem, com uma rede de canais em várias formas que vão desde o reto até o tortuoso. As características hidro-morfológicas refletem as condições inerentes as regiões semiáridas.

Biografia do Autor

Cicero Gomes Santos, Universidade Federal de Alagoas Professor do Curso de Agronomia Campus Arapiraca

Curso de Agronomia - Campus Arapiraca - UFAL

Programa de Pós Graduação em Agricultura e Ambiente 

Universidade Federal de Alagoas 

Referências

Alves, J.M.P.; Castro, P.T.A. Influência de feições geológicas na morfologia da bacia do rio Tanque (MG) baseada no estudo de parâmetros morfométricos e análise de padrões de lineamentos. Revista Brasileira de Geociências, 2003, 33, 117-127.

Barrella W. As relações entre as matas ciliares os rios e os peixes. In: Rodrigues, R.R.; Leitão Filho; H.F. (Ed.) Matas ciliares: Conservação e recuperação, 2001.

Barros, E.O.; Maciel, G.F.; Maia, F.G.; Schmidt, G. Caracterização fisiográfica da bacia hidrográfica do Córrego Tiúba, município de Palmas – TO. Revista Brasileira de Geografia, 2003, 3, 23-32.

Cantalice, J.R.B.; Cunha Filho, M.; Stosic, B.D.; Piscoya, V.C.; Guerra, S.M.S.; Singh, V.P. Relationship between bedload and suspended sediment in a sand bedded Exu River, semi-arid of Brazil. Hydrological Science Journal, 2013.

Cardoso, C.A.; Dias, H.C.T.; Boechat, C.P. Caracterização Morfométrica da Bacia Hidrográfica do Rio Debossan, Nova Friburgo/RJ. Revista Árvore, 2006, 30, 241-248.

Feitosa, A.; Santos, B.; Araújo, M.S.B. Caracterização morfométrica e identificação de áreas susceptíveis a erosão na bacia do rio Pajeú, PE: o Estudo de caso da bacia do rio Pajeú, PE. Revista Brasileira de Geografia Física, 2011, 4, 820-836.

Ferreira, C.W.S.; Lima, C.S.; Cavalcanti, L.C.S.; Santos, A.H.O. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do açude Cachoeira II, no município de Serra Talhada – PE, Brasil. Anais... VI Seminário Latino Americano de Geografia Física. II Seminário Ibero Americano de Geografia Física. Coimbra, Portugal, 2010.

Merten, G.H.; Minella, J.P.G.; Reichert, J.M.; Moro, M. Implicações do uso e manejo do solo e das variações climáticas sobre os recursos hídricos. Tópicos em ciência do solo, 2011, 7, 307-366.

Teodoro, V. L. I.; Texeira, D.; Costa, D. J. L.; Fuller, B. B. O conceito de bacia hidrográfica e a importância da caracterização morfométrica para o entendimento da dinâmica ambiental local. Revista Uniara, 2007, 20, 28-35.

Tonello, K. C.; Dias, H. C. T.; Souza, A. L.; Ribeiro, C. A. A. S.; Leite, F. P. Morfometria da bacia hidrográfica da cachoeira das pombas, Guanhães - MG. Revista Árvore, 2006, 30, 859-857.

Tucci, C.E.M.; Silveira, A.L.I. Hidrologia: Ciência e Aplicação. 4.ed. 1ª reimpressão. Porto Alegre: Editora da UFRGS/ABRH, 2009.

Downloads

Publicado

29/07/2020