Efeito de fontes, doses EE granulometrias de calcários na fixação do N2 e no estado nutricional de caupi

Autores

  • José Paulo Vieira da Costa Univesidade Federal de Alagoas
  • Newton Pereira Stamford

DOI:

https://doi.org/10.28998/rca.v1i1.52

Resumo

Foi conduzido um experimento em casa de vegetação em um solo Podzólico Vermelho Amarelo latossólico para verificar o efeito dos calcários Megaó, Magnecal e Cambucá, usados nas doses de 3,0; 6,0 e 9,0t/ha com três granulometrias (comercial, 200 e 400 malhas/pol), na atividade das enzimas nitrogenase e redutase do nitrato e no estado nutricional de caupi (Vigna unguiculata – cv "Pitiúba"). Todos os tratamentos receberam inoculação com a estirpe J-01, selecionada anteriormente. A atividade enzimática, bem como a concentração do nitrogênio nas folhas, nas formas nítrica e amoniacal, não sofreram influências consideráveis da adição dos calcários. A absorção do nitrogênio, do fósforo, do cálcio e do magnésio aumentou com a calagem e os teores desses nutrientes foram maiores quando os tratamentos receberam o calcário com maior teor de magnésio. As fontes, as doses e as granulometrias dos calcários não exerceram influência na acumulação do potássio pela planta.

Downloads

Publicado

28/07/2010

Edição

Seção

Ciências do Solo