Competição de carneiro hidráulico da Faculdade de Tecnologia de Alagoas como ferramenta prática de aprendizagem da disciplina de Hidrologia

Autores

  • Josemildo Verçosa de Araújo Júnior FAT-AL
  • Romário Guimarães Verçosa de Araújo UFAL/CECA
  • Renilda Correia de Oliveira FAT-AL
  • Salmir Kleyton Barros Noia FAT-AL
  • Cezar Antônio Lima do Nascimento FAT-AL
  • Maria Eduarda da Silva FAT-AL
  • Matheus Bruno da Silva FAT-AL
  • Isabelly Catharyne Eugênio dos Santos FAT-AL
  • Ruan dos Santos Rocha Nascimento FAT-AL
  • Clayton dos Santos Silva CECA, UFAL, AL.

DOI:

https://doi.org/10.28998/rca.v16i0.6639

Resumo

O carneiro hidráulico é uma ferramenta simples para bombeamento de água que utiliza como fonte para seu funcionamento energia limpa e renovável, é amplamente empregado em muitos locais onde a energia elétrica é escassa ou inexistente. Ultimamente nos cursos de engenharia vem se buscando métodos de aprendizagem mais significativos que promovam a autonomia dos alunos, despertando o interesse dos mesmos em aprender e aplicar os conceitos teóricos aprendidos em sala de aula, dessa forma objetivou-se por meio desse trabalho realizar uma competição com os alunos de engenharia civil da FAT, durante a III Semana Acadêmica de Engenharia da instituição, os carneiros hidráulicos foram confeccionados de forma artesanal pelas equipes do 6° período, utilizando apenas materiais previstos no regulamento, foi levado em consideração como critério de avaliação a funcionalidade correta do equipamento, vazão, relação volume inicial de água, volume bombeado e estética, as equipes tiveram 20 minutos para demonstrar o funcionamento do equipamento. Os melhores resultados foram obtidos para um caudal de elevação igual a 2,2 L/min, com aproximadamente 60 batidas por minuto. Foi possível verificar com essa competição os alunos ficaram motivados e promoveram sua autonomia, sendo aplicado os conceitos teóricos passados em sala de aula para uma aplicação prática.

Biografia do Autor

Josemildo Verçosa de Araújo Júnior, FAT-AL

Doutor em Proteção de Plantas, professor da FAT.

Romário Guimarães Verçosa de Araújo, UFAL/CECA

Estudante de Agronomia, estagiário do Laboratório de Ecologia e Comportamento de Insetos.

Renilda Correia de Oliveira, FAT-AL

Possui Mestrado em Educação pela Univerdidade Federal de Alagoas (UFAL), graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas(UFAL), especialização em Docência do Ensino Superior pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió (CESMAC) e especialização em Avaliações e Perícias de Engenharia (UNICID). Participou do Programa Especial de Formação Pedagógica, para obtenção do título de Licenciatura Plena em Matemática no CESMAC-FEJAL. Atualmente é professora e coordenadora na Faculdade de Tecnologia de Alagoas(FAT)

Salmir Kleyton Barros Noia, FAT-AL

Possui graduação em Engenharia Civil pelo Centro Universitário CESMAC (2008). Pós Graduação em Gerenciamento de Projetos. Atualmente Professor da Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT), Sócio Administrador da S&S Engenharia Ltda, Engenheiro Civil e Professor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Experiência em Obras Verticais, construção de prédios de até treze andares da fundação ao acabamento, experiência em Obras de Grande Porte de Saneamento Básico, construção de Estações Elevatórias de Esgoto. Experiência profissional nas Construtoras: Construtora Delman Sampaio Ltda, CCB Engenharia, Construtora Norberto Odebrecht, Construtora Fireman e Peixoto, Construtora Falcão.

Cezar Antônio Lima do Nascimento, FAT-AL

Estudante de engenharia civil, FAT.

Maria Eduarda da Silva, FAT-AL

Estudante de engenharia civil, FAT.

Matheus Bruno da Silva, FAT-AL

Estudante de engenharia civil, FAT.

Isabelly Catharyne Eugênio dos Santos, FAT-AL

Estudante de engenharia civil, FAT.

Ruan dos Santos Rocha Nascimento, FAT-AL

Estudante de engenharia civil, FAT.

Clayton dos Santos Silva, CECA, UFAL, AL.

Estudante de agronomia, CECA, UFAL.

Referências

ABATEL, C.; BOTREL, T. A. Carneiro hidráulico com tubulação de alimentação em aço galvanizado e em PVC. Scientia Agrícola, 2002, 59, 197-203.

BHOI, K. L.; RAM S.; CHAUHAN, H. S. Field evaluation of hydraulic rams. ICID Bulletin, 1994, 43, 105-116.

CARACOL, D. C.; DAMASCENO, F. A.; GRIFFANTE, G.; ALVARENGA, L. A. Características construtivas de um carneiro hidráulico com materiais alternativos. Revista Brasileira Engenharia Agrícola Ambiental, 2007, 11, 349-354.

Escola Família Agrícola do Orizona: Curso técnico em agropecuária de nível média. Carneiro hidráulico. Disponível em: http://efaorizona.blogspot.com/2012/04/como-fazer-um-carneiro-hidraulico.html

Acesso: 18 de outubro de 2018.

GOLDEMBERG, J. LUCON, O. Energia e meio ambiente no Brasil. Estudos Avançados, 2007. 21, 7-20.

MACINTYRE, A. J. Bombas e instalações de bombeamento. 2ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1980.

MONTEIRO, S.; ALMEIDA, L. S.; CRUZ, J. F. A.; VASCONCELOS, M. Percepções de alunos de excelência relativamente ao papel dos professores: um estudo com alunos de engenharia. Revista Portuguesa de Educação, 2018, 32, 213-238.

PEIXOTO, H. D.; LUCHESE, T. C. Estudo sistemático do carneiro hidráulico: Uma avaliação da dependência entre volume recalcado e os parâmetros da construção do equipamento. Anais do V SEPE & V Jornada de Iniciação Científica, v. 15, 2015.

SOCZEK, M. L. O carneiro hidráulico como elemento motivador ao estudo de hidrodinâmica. Cadernos PDE, v. 1, 2016. 25p.

Downloads

Publicado

31/12/2018