DESENVOLVIMENTO DE MÉTODOS DE MICROPROPAGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE BAMBU - BAMBUSA NUTAN G.C. Wall EX Munro

Autores

  • Jaqueline Figueredo de Oliveira Universidade Federal de Alagoas
  • Eurico Eduardo Pinto de Lemos Universidade Federal de Alagoas
  • Leila de Paula Rezende Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.28998/rca.v10i1.731

Resumo

O Bambu – Bambusa spp. (Poaceae) é uma planta muito utilizada na confecção de papel, objetos de arte, construção civil e naval, além de servir como alimento e remédio. Seu cultivo tem sido estimulado em Alagoas desde a criação do Instituto do Bambu em 2000, como resultado de uma parceria entre a Universidade Federal de Alagoas e o numa parceira entre a UFAL e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-AL). Dentre as dificuldades encontradas destaca-se aquisição de mudas e de colmos de bambu de espécies adequadas para suprir a demanda para os seus diferentes usos. O Laboratório de Biotecnologia Vegetal (BIOVEG) do Centro de Ciências Agrárias da UFAL vem desenvolvendo pesquisas sobre propagação convencional e micropropagação em várias espécies de bambu. Com o objetivo de desenvolver um protocolo para multiplicação in vitro de Bambusa nutans G.C. Wall ex Munro, espécie de interesse no fabrico de papel, artesanato e construção civil, testaram-se os efeitos da adição de fitohormônios (citocininas e auxinas) em meio de cultura de Murashige e Skoog (MS) na brotação e enraizamento de explantes provenientes de sementes. Os resultados mostraram que houve uma equivalência no número de brotações (8 a 12 brotos/explante) entre os tratamentos com 0,2 a 0,5 mg.L-1 TDZ (Tidiazurom) e 5 a 10 mg.L-1 de BAP (Benzilaminopurina). Na ausência dos fitohormonios ou com 3 mg.L-1 de BAP, o número de brotações foi significantemente menor (2 brotos/explante), mas estas foram significantemente maiores e com maior número de folhas por explantes. A percentagem de enraizamento dos brotos foi influenciada pela presença de AIB (ácido indolbutírico) sendo maior (80%) na concentração de 2 mg.L-1

Biografia do Autor

Jaqueline Figueredo de Oliveira, Universidade Federal de Alagoas

Centro de Ciências Agrárias

Eurico Eduardo Pinto de Lemos, Universidade Federal de Alagoas

Centro de Ciências Agrárias

Leila de Paula Rezende, Universidade Federal de Alagoas

Centro de Ciências Agrárias

Referências

ARYA, S.; SHARMA, S.; KAUR. R.; ARYA, I.D.; Micropropation of Dendrocalamus asper by shoot proliferation using seeds. India. Plant Cell Reports, v.18, p. 879-882. 1999.

ASSIS, T.F.; TEIXEIRA, S.L. Enraizamento de plantas lenhosas. In: TORRES, A.C.; CALDAS, L.S.; BUSO, J.A. Cultura de tecidos e transformação genética de plantas. Brasília: EMBRAPA/CBAB. 1998. p. 261-296.

CID, B.P.L. Introdução aos hormônios vegetais. Brasília: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. 2000. p. 55-81.

CORRÊA, M. P. Bambu. In: Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1984. p.242-247.

GEORGE, E.F. Plant propagation by tissue culture. The technology. Exegetics Limited., London. 1993.574p.

GRATTAPAGLIA, D.; MACHADO, M.A. Micropropagação. In: TORRES, A.C., CALDAS, L.S.; BUSO, J.A. (Ed.). Cultura de tecidos e transformação genética de plantas. Brasília: EMBRAPA/CBAB. 1998. p.183-260.

LIN, C.S.; CHANG, W.C.; Micropropation of Bambusa edulis through nodal explants of field-grown culms and flowering of regenerated plantlets. Plant Cell Reports. v.17, p. 617-620. 1998.

MANZUR, M.D. Propagación “In Vitro’’ de embriones de Bambusa (Bambusa guadua sp.). Costa Rica CATIE Conferência Primer Simposio Latinoamericano Bambu. Manizales, Colômbia. 1981.

MOREIRA, L.E; GHAVAMI, K. Dimensionamento de Estruturas de bambu. Simpósio: “Materiais não Convencionais para a Construção Rural”. Campina Grande, Paraíba; UFPB. 1997. p. 237-291.

MURASHIGE., T.; SKOOG, F. A Revised Médium for Rapid Growth and Bioassays With Tabacco Tissue Culture. Physiologia Plantarum, v.15, p. 437-497, 1962.

SALGADO, A.L. de B.; CIARAMELLO, D.; AZZINI, A. Bambu como reforço estrutural em moirões de cerca. O agronômico, Campinas, 1986. p. 127-138.

SALGADO, A.L.; GODOY JUNIOR, G. O bambu no Brasil: em nossa vida, nossa cultura, seu cultivo e utilização. In: Seminário Internacional-Cursos e Mostra. O uso do bambu na construção civil. Maceió: SEBRAE, 2002. ago. p.39.

Downloads

Publicado

20/12/2012

Edição

Seção

Produção Vegetal