VARIEDADES E FORMAS DE ADUBAÇÃO NO CULTIVO DE SOJA E MILHO EM CONSÓRCIO

Autores

  • Isabella Sichierski Cardoso Analista Ambiental da Prefeitura Municipal Rio Verde, Brasil
  • Paulo Henrique Ramos Cabral Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde
  • Vinícius Tavares de Araújo Assessor Técnico na Empresa Aliança Rural - Santa Helena de Goiás.
  • Katia Cylene Guimarães Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde
  • Leandro Spíndola Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde
  • Adriano Jakelaitis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde http://orcid.org/0000-0003-0093-9846

DOI:

https://doi.org/10.28998/rca.v17i2.7432

Palavras-chave:

Zea mays. Glycine max. Cerrado. Cultivo de Safrinha.

Resumo

A consorciação entre culturas permite maior aproveitamento da área cultivada. Nesta pesquisa objetivou-se avaliar formas de adubação de semeadura e variedades de soja, em diferentes arranjos espaciais, no consórcio com milho para produção de silagem. Foram realizados dois ensaios: (1) milho no espaçamento de 1m entre fileiras com uma linha de soja na entrelinha; (2) e o milho em fileiras duplas alternadas com uma fileira de soja, em espaçamento único de 0,50 m entre fileiras. O delineamento usado foi o de blocos ao acaso, no esquema fatorial 2 x 2 + 3, sendo testados: duas modalidades de adubação de semeadura na linha (somente no milho omitindo a soja, e no milho e na soja conjuntamente); e duas variedades de soja (ciclos médio e tardio). Foram adicionadas três testemunhas: uma de milho e duas de soja, respectivamente. Não houve redução na produção de milho em consórcio com a soja em relação ao monocultivo de milho. Consorciada com milho, a produção das plantas de soja foi comprometida em ambos os arranjos espaciais. De forma geral, o consórcio de milho com soja na safrinha apresentou poucos incrementos significativos ao rendimento forrageiro das culturas. A produção foi maior quando o milho foi alternado com a soja no sistema de fileiras simples, principalmente quando a adubação foi realizada no milho consorciado com a soja de ciclo tardio. Os tratamentos consorciados superaram os monocultivos em relação ao índice de equivalência de área.

Biografia do Autor

Adriano Jakelaitis, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), Campus Rio Verde

Possui graduação em Agronomia (1997), Mestrado (2001) e Doutorado (2004) em Fitotecnia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). É docente e pesquisador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano) Campus de Rio Verde na área de Fitotecnia. Atua em linhas de pesquisa referentes à ciência das plantas daninhas, sistemas integrados de cultivo (plantio direto e integração agricultura pecuária) e técnicas culturais aplicadas em culturas alimentícias e agroenergéticas.

Referências

Batista, V. V.; Adami, P. F.; Moraes, P. V. D.; Oligini, K. F.; Giacomel, C. L.; Link, L. Row arrangements of maize and soybean intercrop on silage quality and grain yield. Journal of Agricultural Science, 2019, 11, 2, 286-300.

Batista, V. V.; Adami, P. F.; Sartor, L. R.; Silveira, M. F.; Soares, A. B.; Oligini, K. F.; Kwiecinski, D.; Ferreira, M. L.; Camana, D.; Giacomel, C. L.; Fonseca, A. C. Forage yield and silage quality of intercropped maize+soybean with different relative maturity cycle. Journal of Agricultural Science, 2018, 10, 12, 249-261.

Carvalho, F. T.; Moretti, T. B.; Souza, P. A. Eficácia e seletividade de associações de herbicidas utilizados em pós-emergência na cultura do milho. Revista Brasileira de Herbicidas, 2010, 9, 2, 35-41.

Correa, N. M.; Durigan, J. C. Controle de plantas daninhas na cultura da soja resistentes ao glyphosate. Bragantia, 2010, 69, 2, 319-327.

Du, J. B.; Han, T. F.; Gai, J. Y.; Yong, T. W.; Sun, X.; Wang, X. C.; Yang, F.; Liu, J.; Shu, K.; Liu, W.G.; Yang, W. Y. Maize soybean strip intercropping: Achieved a balance between high productivity and sustainability. Journal of Integrative Agriculture, 2017, 16, 60345-7.

Evangelista, A. R.; Resende, P. M.; Maciel, G. A. Efeito da associação milho-soja no valor nutritivo da silagem. Revista Brasileira de Zootecnia, 1983, 12, 1, 50-59.

Evangelista, A. R.; Rezende, P.; Maciel, G. A. Uso da soja [Glycine max (L.) Merrill] na forma de forragem. Lavras: UFLA, 2003. 36p.

Ijoyah, M. O.; Fanen, F. T. Effects of different cropping pattern on performance of maize-soybean mixture in Makurdi, Nigeria. Scientific Journal of Crop Science, 2012, 1, 2, 39-47.

INMET. Instituto Nacional de Meteorologia. 2016. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br>. Acesso em: 15 mar. 2016.

Leonel, F.P.; Pereira, J. C.; Costa, M. G.; Marco Júnior, P.; Silva, C. J. Lara, L. A. Consórcio capim-braquiária e milho: comportamento produtivo das culturas e características nutricionais e qualitativas das silagens. Revista Brasileira de Zootecnia, 2009, 38, 1, 166-176.

Lv, Y.; Francis, C.; Wu, P.; Chen, X.; Zhao, X. Maize-soybean intercropping interactions above and below ground. Crop Science, 2014, 54, 3, 914-922.

Macedo, M. C. M. Integração lavoura e pecuária: o estado da arte e inovações tecnológicas. Revista Brasileira de Zootecnia, 2009, 38, 133-146.

Monzon, J. P.; Mercau, J. L.; Andrade, J.F.; Caviglia, O. P.; Cerrudo, A. G.; Cirilo, A. G.; Veja, C. R. C.; Andrade, F. H.; Calviño, P. A. Maize-soybean intensification alternatives for the Pampas. Field Crops Research, 2014, 162, 48-59.

Obeid, J. A.; Gomide, J. A.; Cruz, M. E. Silagem consorciada de milho (Zea mays L.) com leguminosas: produção e composição bromatológica. Revista Brasileira de Zootecnia, 1992, 21, 1, 33-38.

Paziani, S. F.; Duarte, A. P.; Nussio, L. G.; Boller, P.; Gallo, C. M. M. B.; Zopollatto, M.; Reco, P. C. Características agronômicas e bromatológicas de híbridos de milho para produção de silagem. Revista Brasileira de Zootecnia, 2009, 38, 3, 411-417.

Rezende, P. D.; Silva, A.; Corte, E. Consórcio sorgo-soja. VI. Estudo comparativo em função da rebrota de cultivares de sorgo e soja consorciados na entrelinha e em monocultivo no rendimento de forragem. Ciência e Agrotecnologia, 2000, 24, 215-223.

Rezende, P. M.; Alcântara, H. P.; Carvalho, E. R.; Passos, A. M. A.; Dourado, M. A. F. S. Consórcio sorgo-soja. XV. Épocas de semeadura do sorgo, cultivares de soja e sistemas de corte na composição da forragem. Bioscience Journal, 2010, 26, 5, 779-788.

Saleem, R.; Ahmed, Z. I.; Ashraf, M.; Arif, M.; Malik, M. A.; Munir, M.; Khan, M. A. Response of maize-legume intercropping system to different fertility sources under rainfed conditions. Sarhad Journal of Agriculture, 2011, 27, 4, 503-511.

Santos, N. C. B.; Arf, O. Komuro, L. K. Consórcio de feijoeiro e milho-verde na entressafra II-Comportamento das cultivares de milho. Bioscience Journal, 2010, 26, 6, 873-881.

Usman, M.; Nangere, M. G.; Musa, I. Effect of three levels of NPK fertilizer on growth parameters and yield of maize-soybean intercrop. International Journal of Scientific and Research Publications, 2015, 5, 9, 1-6.

Vandermeer, J. H. Intercropping. In: GLIESSMAN, S.R. (Ed.) Agroecology: researching the ecological basis for sustainable agriculture. New York: Springer-Verlag, 1990, p.481-516.

Yong, T.; Liu, X.; Yang, F.; Song, C.; Wang, X.; Liu, W.; Su, B.; Zhou, L.; Yang, W. Characteristics of nitrogen uptake, use and transfer in a wheat-maize-soybean relay intercropping system. Plant Production Science, 2015, 18, 3, 388-397.

Zerihun, A.; Sharma, J. J.; Nigussie, D.; Fred, K. The effect of integrated organic and inorganic fertilizer rates on performances of soybean and maize component crops of a soybean maize mixture at Bako, Western Ethiopia. African Journal of Agricultural Research, 2010, 8, 29, 3921-3929.

Zopollatto, M.; Nussio, L. G.; Mari, L. J.; Schmidt, P.; Duarte, A. P.; Morão, G. B. Alterações na composição morfológica em função dos estágios de maturação em cultivares de milho para produção de silagem. Revista Brasileira de Zootecnia, 2009, 38, 3, 452-461.

Downloads

Publicado

29/09/2019

Edição

Seção

Produção Vegetal