Residências multifamiliares verticais saudáveis em tempos de home office com foco no conforto ambiental

Autores

Palavras-chave:

Conforto Ambiental, Saúde do Usuário, Habitação Multifamiliar Vertical

Resumo

A sociedade contemporânea tem passado por constantes transformações e com isto o modo de morar e se relacionar com o ambiente habitado. Para a produção de ambientes saudáveis deve-se priorizar desenvolvimento da atenção primária ambiental, uma estratégia de ação ambiental preventiva e participativa, que reconhece o direito das pessoas a viverem em um meio ambiente saudável, e de serem informadas sobre os riscos ambientais em relação à sua saúde e bem-estar. Diversos estudos vem sendo realizados relacionando habitação, conforto ambiental e saúde humana, no entanto, observou-se no ano de 2020 uma transformação na relação casa versus usuário a partir do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavirus, o COVID-19, um novo cenário que pode exigir novas demandas para a produção futura de habitações. No caso deste trabalho, foram consideradas as habitações multifamiliares verticais por agruparem um grande número de pessoas em um mesmo lote. Esta pesquisa pretende discutir e apresentar diretrizes para a elaboração de projetos arquitetônicos multifamiliares com foco na saúde dos usuários a partir de suas demandas sociais, fisiológicas e psicológicas a partir dos princípios de conforto térmico por meio de questionários eletrônicos e anônimos relacionados às atividades de home office. De posse desta análise, foram definidas novas diretrizes para a produção desta tipologia arquitetônica, baseada no perfil do usuário.

Referências

ABNT, SSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, NBR 15575-1: Edificações Habitacionais – Desempenho. Requisitos Gerais. Rio de Janeiro, 2013.

ADENE. A luz certa em sua casa. Edição ADENE – Agência para a energia com o apoio técnico do CPI – Centro Português de iluminação. Algés, jun, 2010.

ASHRAE - AMERICAN SOCIETY OF HEATING, REFRIGERATING AND AIR-CONDITIONING ENGINEERS, Standard 55- 2017, Thermal Environmental Conditions for Human Occupancy. 2017.

BBC, British Broadcasting Corporation (site). News. Brasil. O que é pandemia e o que muda com declaração da OMS sobre o novo coronavírus. British Broadcasting Corporation, 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-51363153 . [Accessed 22 April 2020].

BITTENCOURT, Leonardo Salazar; CÂNDIDO, Christina Maria. Introdução à ventilação natural. 3. ed. Maceió: Edufal, 2008. 173 p.

BRASIL. Ministério da Saúde (site). Saúde de A à Z. O que é coronavírus? Ministério da Saúde, 2020. Disponível em: https://www.saude.gov.br/o-ministro/746-saude-de-a-az/46490-novo-coronavirus-o-que-e-causas-sintomas-tratamento-e-prevencao-3 . [Accessed 22 April 2020].

CDC, Center for Disease Control and Prevention (site). History of medicine. Publicado em 10/01/2012. CDC, 2012. Disponível em: https://www.cdc.gov/quarantine/historyquarantine.html. [Accessed 22 April 2020].

COSTI, Marilice. A Influência da Luz e da Cor em Corredores e Salas de Espera Hospitalares. Porto Alegre: Edipucrs, 2002. 256 p.

DIDONÉ, Evelise Leite. A Influência da luz natural na avaliação da eficiência energética de edifícios contemporâneos de escritórios em Florianópolis/SC. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009. 174 p.

FREITAS, Ruskin. Entre mitos e limites. As possibilidades do adensamento construtivo, face à qualidade de vida no ambiente urbano. Recife: Editora da UFPE, 2008.

GEA-hosp, FAUUFBA, ABDEH, Orientações da ARQUITETURA HOSPITALAR para o controle de contágio: COVID-19. Manual, Disponível em https://www.caubr.gov.br/wp-content/uploads/2020/04/COVID-19_orientac%CC%A7o%CC%83es-ambiente-residencial-1.pdf . 2020. [Accessed 28 April 2020].

GOOGLE, GOOGLE FORMS, https://docs.google.com/forms/u/0/?tgif=d . formulário específico para esta pesquisa. 2020.

GRANDJEAN, Etienne. Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. 4.Ed. Porto Alegre: Bookman, 1998. 338 p.

HAMEED, Amina, AMJAD, Shehla. Impact of Office Design on Employees' Productivity: A Case Study of Banking Organizations of Abbottabad, Pakistan. Journal Of: Public Affairs, Administration and Management, v. 3, p.01-13, jan. 2009.

LUKIANTCHUKI, MarieliAzoia. Sheds extratores e captadores de ar para a indução da ventilação natural em edificações. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo e Área de Concentração em Arquitetura, Urbanismo e Tecnologia, Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Carlos, 2015. 385 p.

OLIVEIRA, Daniela Ribeiro de; Do fim do trabalho ao trabalho sem fim: o trabalho e a vida dos trabalhadores digitais em Home Office. Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). São Carlos, 2017.

ONU. Assembleia Geral das Nações Unidas. Declaração Universal dos Direitos Humanos. 1948. Disponível em https://nacoesunidas.org/wp-content/uploads/2018/10/DUDH.pdf Acesso em: 23 de abril de 2019.

RAFALSKI, Julia C; ANDRADE Alexandro L de; Home-Office: Aspectos Exploratórios do Trabalho a partir de Casa. Trends in Psychology / Temas em Psicologia, Vol. 23, nº 2, 431-441. 2015.

RAMOS, Tatiana T. Pandemia é pandemia em qualquer lugar – vivendo a crise da Covid-19 de fora dos grandes centros. Espaço e Economia - Revista brasileira de geografia econômica. Ano 09, no. 88, p. 1–10. 2020. https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.11406

SALIBA, T. M. Manual prático de avaliação e controle do ruído: PPRA. 9 ed. São Paulo: LTr, 2016. 143 p.

SCOPEL, Vanessa Guerini. Percepção do ambiente e a influência das decisões arquitetônicas em espaços de trabalho. Arq.Urb. São Paulo, n 13, p.153-170, jan/jun. 2015.

TESTON, Elen Ferraz; MARCON, Sonia Silva. Qualidade e condições de vida sob a ótica dos residentes de um condomínio do idoso. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 35, n. 1, p. 124-130, 2014.

WHO, World Health Organization. Coronavirus disease 2019 (COVID-19) Situation Report 92. Geneve: Word Health Organization, 2020. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200421-sitrep92-covid-19.pdf?sfvrsn=38e6b06d_6. [Accessed 22 April 2020].

WILDER-SMITH, A.; CHIEW, C. J.; LEE, V. J. Can we contain the COVID-19 outbreak with the same measures as for SARS? Lancet Infect. Dis, S1473-3099(20)30129-8, 2020.

ZAFALÃO, E. A importância da Ergonomia no ambiente de Trabalho (NR-17). Disponível em: https://www.saudeocupacional.org/2017/01/a-importancia-da-ergonomia-no-ambiente-de-trabalho-nr-17.html. [Accessed 25 April 2020].

Downloads

Publicado

29/12/2021