Gestão e planejamento urbano em Medellín: considerações acerca do direito à cidade e do empreendedorismo urbano

Autores

  • Isabel Mayumi Garcia Zerbinato Universidade Federal de Minas Gerais
  • Laura Melo Avelar Universidade Federal de Minas Gerais
  • Lucas Augusto Rocha Resende Universidade Federal de Minas Gerais
  • Luísa Melo Garcia de Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais.

Palavras-chave:

Planejamento urbano, Direito à cidade, Empreendedorismo urbano.

Resumo

O presente artigo pretende analisar o planejamento e a gestão urbana da cidade de Medellín (Colômbia) e as recentes intervenções urbanas que posicionaram a cidade no cenário global, a partir da década de 1990, e também com a construção do Metrocable que teve início em 2001. A metodologia abrange pesquisa bibliográfica, bem como investigação de documentos e propagandas institucionais do governo municipal de Medellín. Parte-se das concepções de LEFEBVRE (2001) relacionadas ao direito à cidade, para as quais se torna imprescindível a atuação dos grupos sociais excluídos na produção do espaço urbano (CORRÊA, 1989). Por fim, serão abordados os conceitos de empreendedorismo urbano e competição interurbana (HARVEY, 2005). Busca-se investigar as gestões de Medellín tendo em vista seu caráter empreendedor e questiona-se sua relação com a efetivação do direito à cidade e da real integração dos grupos sociais excluídos. Demonstra-se que, em contraponto à cidade de Medellín ter se inserido na competição interurbana mundial como a cidade mais inovadora no ano de 2012, por conta de sua tática de “urbanismo social” atrelada à mobilidade urbana, as melhorias efetivas no cotidiano dos moradores das áreas periféricas impactadas pelas intervenções urbanas são questionáveis.

Biografia do Autor

Isabel Mayumi Garcia Zerbinato, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo, na Escola de Arquitetura (EA) da UFMG. Participa como membro bolsista do PET Arquitetura UFMG.

Laura Melo Avelar, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo, na Escola de Arquitetura (EA) da UFMG.

Lucas Augusto Rocha Resende, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduando em Arquitetura e Urbanismo, na Escola de Arquitetura (EA) da UFMG.

Luísa Melo Garcia de Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais.

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo, na Escola de Arquitetura (EA) da UFMG. Participa de pesquisa de Iniciação Científica no Observatório dos Conflitos Urbanos de Belo Horizonte.

Referências

AIRBUS. Spot 6/7 Satellite Image - Medellin, Colombia. 2021. Disponível em: <https://www.intelligence-airbusds.com/en/5751-image-gallery-details?img=41315#.YE1VHJ1Ki00>

ALCALDÍA DE MEDELLÍN. Datos generales de la ciudad. 2021a. Disponível em: <https://www.medellin.gov.co/irj/portal/medellin?NavigationTarget=navurl://6488ef50a6787e1fdbc4e42e62a46a67>

ALCALDÍA DE MEDELLÍN. Historia y símbolos de Medellín. 2021b. Disponível em: <https://www.medellin.gov.co/irj/portal/medellin?NavigationTarget=navurl://185c4d9506b73881fc232c683874876e>

ANTONUCCI, Denise; BUENO, Lucas. A construção do espaço público em Medellín. Quinze anos de experiência em políticas, planos e projetos integrados. Arquitextos, São Paulo, ano 19, n. 218.00, Vitruvius, jul. 2018. Disponível em: <https://vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/19.218/7022>

ÁREA METROPOLITANA DEL VALLE DE ABURRA. Historia. 2021. Disponível em: <https://www.metropol.gov.co/area/Paginas/somos/Historia.aspx>

BARRETO, Matheus Teixeira. Do pó ao céu: Medellín, a fênix burguesa colombiana. XVI Simpurb - Simpósio Nacional de Geografia Urbana, 2019. pp. 2569-2587.

CISDP-CGLU, Comisión de Inclusión Social, Democracia Participativa y Derechos Humanos - Ciudades y Gobiernos Locales Unidos. Medellín, Colombia: Proyecto Urbano Integral zona Nororiental. Observatório Ciudades Inclusivas. 2011. Disponível em: <https://www.uclg-cisdp.org/sites/default/files/Medell%C3%ADn_2010_es_FINAL.pdf>

EDU - Empresa de Desarollo Urbano. Medellín. Modelo de transformación urbana. Proyecto Urbano Integral - PUI - en la zona nororiental. 2012. Disponível em: <https://www.eafit.edu.co/centros/urbam/articulos-publicaciones/Documents/urbam%20EAFIT%202013%20Sistematizacion_Urbanismo_Social_Espa%C3%B1ol_.pdf>

Ex-prefeito de Medellín conta como fez para diminuir violência na cidade: ‘É importante que o Estado seja atuante’. Conversa com Bial, GShow. 28 de junho de 2019. Disponível em: <https://gshow.globo.com/programas/conversa-com-bial/noticia/ex-prefeito-de-medellin-conta-como-fez-para-diminuir-violencia-na-cidade-e-importante-que-o-estado-seja-atuante.ghtml>

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001 (1968).

LEIBLER, Laure; BRAND, Peter. Movilidad e inclusión social: la experiencia desde la periferia de Medellín y el primer Metrocable. Bulletin de L'Institut français d’études andines, vol. 41, n. 3, 2012. pp. 363-387. Disponível em: <https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=12626367008>

LONDOÑO, Luz Stella Carmona. A estética da natureza e o processo de reprodução do capital nas áreas centrais de Medellín, Colômbia. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2013. Disponível em: <https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/10666/1/TESE%20Luz%20Stella%20Carmona_Agosto%202013%20PDF.pdf>

Medellín é eleita a cidade mais inovadora do mundo. BBC Brasil. Brasília. 4 de março de 2013. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/03/130302_medellin_premio_>

VAINER, Carlos. Pátria, empresa e mercadoria - notas sobre a estratégia discursiva no planejamento estratégico urbano. In: ARANTES; VAINER; MARICATO (org.). A cidade do pensamento único. Petrópolis: Vozes, 4ª ed., 2007. pp. 75-103.

Downloads

Publicado

29/12/2021