OS INSTRUMENTOS DE GESTÃO TERRITORIAL DE APOIO AO ECOTURISMO NO PARQUE DO JALAPÃO-TO

Autores

  • Maria do Carmo de Lima Bezerra Programa de Pós Graduação da FAU -Universidade de Brasilia
  • Rosângela Araujo Fernandes Benvindo

Palavras-chave:

Palavras chave, ecoturismo, proteção ambiental, gestão territorial, plano de manejo

Resumo

O trabalho analisa as políticas públicas de proteção ambiental e de promoção do ecoturismo com objetivo de identificar as convergências e divergências entre seus principios e instrumentos  de modo a viabilizar o turismo em unidades  de conservação. Parte da premissa que  a trajetória diferenciada da base conceitual na qual estão  ancoradas as duas politicas pode auxiliar no entendimento das divergências que ocorrem na pr[atica do ecoturismo em unidades de conservação no Brasil, qual seja  os conceitos de preservação e conservação. Estuda o caso do parque estadual do Jalapão no Estado do Tocantins e adota  a análise comparativa como método de trabalho tendo como objeto de análise os Planos de Uso Público do Parque Estadual do Jalapão e Desenvolvimento do Ecoturismo da Região do Jalapão. Como resultado é aprentada uma matriz que classifica princípios e proppsições  dos dois instrumentos de gestão territorial analisados destacando que no nível dos princípios  existe uma certa convergência mas que predominam as divergências na proposição dos instrumentos de gestão. O método utilizado possibilita um diálogo franco entre os atores  envolvidos na  gestão das duas politicas sendo um facilitador da promoção do turismo sustentável não só no caso do Parque do Jalapão mas  em outras Unidades de conservação já que o método utilizado se fundamenta na legislação que embasa as duas políticas públicas no pais.

Biografia do Autor

Maria do Carmo de Lima Bezerra, Programa de Pós Graduação da FAU -Universidade de Brasilia

Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1980), mestrado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade de Brasília (1988) doutorado em Estrutruas Ambientais Urbanas pela Universidade de São Paulo (1996) e Pós doutorado no AAP, Cornell Univiersity, USA ( 2009-2010). Atualmente é professor associado da Universidade de Brasília atuando no PPGFAU Programa de Mestrado e Doutorado em Arquitetura e Urbanismo, lider do grupo de pesquisa em Gestão Ambiental Urbana (UnB/Cnpq), membro do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Fedral. Exerceu a função de Diretora Executiva do Progrma Brasilia Sustentável GDF/Banco Mundial, Assessora Especial da ABEMA, Secretária de Meio Ambiente,Ciência e Tecnologia do DF, Diretora de Planejamento da NOVACAP, Coordenadora Geral da Secretaria Executiva do Ministério do Meio Ambiente e da Agenda 21 Brasileiira. Como Consultora vem atuado em Projetos Urbanísticos de Regularização Fundiária, Planejamento Urbano e Regional, Avaliação Ambiental Estratégica, Planejamento e Gestão Ambiental.

Rosângela Araujo Fernandes Benvindo

Arquiteta, mestre em arquitetura e Urbanismo

Downloads

Publicado

2014-03-11

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.