CANINO SUPERIOR IMPACTADO POR VESTIBULAR: RELATO DE CASO

Autores

  • Thaisa Baía Costa
  • Clarissa Bastos Moraes
  • Larissa Lucy Carvalho do Nascimento
  • Andreza de Albuquerque Araújo
  • Hélder Lima Rebelo
  • Hugo Franklin Lima de Oliveira

Resumo

Os caninos são dentes que desempenham um papel estético e funcional. Quando inclusos, são precursores de maloclusões e até mesmo danos às estruturas adjacentes. Normalmente, essa condição aparece com mais frequência em pacientes do sexo feminino de maneira uni ou bilateral em maxila e maior incidência por via palatina (85%) e vestibular (15%). Na maioria dos casos, os dentes retidos são assintomáticos e podem estar associados ao desenvolvimento de cistos e tumores odontogênicos, sendo o odontoma uma das principais lesões mais associadas à retenção do elemento dentário e consequente reabsorção das raízes de dentes adjacentes. Seu diagnóstico é clínico e radiográfico, principalmente pelo retardo na erupção do canino permanente, sendo conclusivo através de exames de imagens de rotina. O presente estudo relata o caso de uma paciente do gênero feminino, 19 anos, encaminhada pelo ortodontista para remoção do dente 23, que se encontrava impactado em posição horizontal com a coroa voltada para vestibular e a raiz em íntima relação com o assoalho da cavidade nasal e seio maxilar, detectada através da radiografia panorâmica e da tomografia computadorizada de feixe cônico. Este estudo tem o objetivo de relatar o caso de remoção cirúrgica do dente 23 impactado e da lesão envolvida, para otimizar o tratamento ortodôntico.

Downloads

Publicado

25/07/2019