FECHAMENTO DUPLO DE FÍSTULA BUCO SINUSAL COM CORPO ADIPOSO BUCAL E RETALHO VESTIBULAR: RELATO DE CASO

Autores

  • Everânia da Silva
  • Vilma Leão Barbosa Neta
  • Nayara Cavalcante Peixoto
  • Fernanda Viera França de Almeida
  • Millena Jacinto de Oliveira
  • Luiz Henrique Albuquerque de Lima
  • José Ricardo Mikami

Resumo

As fistulas buco sinusais são complicações tardias que decorrem principalmente pelo não diagnóstico ou tratamento inadequado das comunicações buco sinusais ocasionados após a exodontia de molares superiores cuja raízes possuem intima relação com o seio maxilar. A invasão desta estrutura por microrganismos da cavidade oral pode provocar alterações em sua fisiologia, podendo evoluir para uma infecção a qual deve ser tratada por antibioticoterapia. A cirurgia para o fechamento da fistula deve ser realizado somente após a remissão completa da sintomatologia e quando os seios paranasais radiograficamente apresentarem-se sem sinal de infecção. Existem várias técnicas cirúrgica para o tratamento dessas fistulas, como retalho vestibular, retalho palatino, corpo adiposo bucal, enxerto ósseo e inserção de materiais haloplástico. O objetivo deste trabalho é demostra um caso clinico de um paciente que apresenta uma fistula buco sinusal decorrente de uma extração de um primeiro molar superior esquerdo, acarretando sinusite extensa atingindo os seios maxilar e etmoidal e a fossa nasal ipslaterais. O tratamento de escolha foi a utilização do corpo adiposo da bochecha associado a retalho vestibular deslizante devido ao grande tamanho da fistula. O acompanhamento clinico-radiográfico do paciente revelou sucesso no tratamento com o fechamento da fistula e melhora na sinusite.

Downloads

Publicado

28/07/2019