FRENECTOMIA LINGUAL COMO UMA SOLUÇÃO DE BULLYING NA ESCOLA: RELATO DE CASO

Autores

  • Herica Myllena Correia da Silva
  • Eduardo Marinho de Almeida Neto
  • Lanise Rayane Nunes Galdino
  • Janaina Soares da Silva
  • Leoclécia Correia dos Santos Silva
  • Rejane Kelly Andrade Beiriz
  • Mariana Alencar Nemezio

Resumo

O frênulo lingual é uma prega mediana de túnica mucosa que passa da gengiva, recobrindo a face lingual da crista alveolar anterior para a face póstero-inferior da língua. Alterações nesta estrutura pode ocasionar um desiquilíbrio funcional e psicossocial na vida da criança, pois o freio lingual está associado a mobilidade da língua, restringindo tanto as atividades mastigatórias como fonéticas, sendo necessária a realização da frenectomia convencional para resolução cirúrgica do caso. O objetivo deste trabalho é relatar o caso clínico de uma criança com 09 anos de idade, gênero masculino, que procurou atendimento em uma Clínica de Odontologia. O paciente relatou durante a anamnese que sofria bullying, devido à problemas na fala. Ao exame clínico observou-se problemas na fonação, devido ao frênulo alterado. Inicialmente foi realizada a anestesia regional infiltrada do nervo lingual, transfixação da língua com o fio de sutura para o tracionamento, com o objetivo de facilitar a secção do tecido. Posteriormente foi feita a divulsão das bordas da incisão bilateralmente e feita uma sutura simples. Para os cuidados pós-operatórios foram recomendados a ingestão de uma dieta fria líquida e pastosa, higienização no local da intervenção cirúrgica, encaminhamento para um acompanhamento fonodiológico e um controle odontológico, visto que o tratamento é multidisciplinar. Conclui-se que a frenectomia lingual junto com o acompanhamento do fonoaudiólogo foi uma alternativa eficaz para melhorar a qualidade de vida criança, pois a mesma passou a ser aceita no ambiente escolar.

Downloads

Publicado

01/08/2019