RELAÇÃO ENTRE PRÓTESE DENTÁRIA E INFECÇÕES FÚNGICAS: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Lucas Mariz de Menezes Torres
  • Luana Ranna Silva Santos
  • Daniel Alves da Silva
  • Savana Ranyella Correia da Silva
  • Vanessa Silva de Moura
  • Laryssa Kelly Barbosa Ferro Oliveira
  • Danilo Cavalcante Fernandes

Resumo

Existem inúmeros métodos para evitar as infecções em próteses dentárias, uma das formas consiste em ter uma boa higienização, com escovação, limpeza com hipoclorito de sódio e os devidos cuidados, tendo as informações necessárias sobre o uso, bem como o auxilio do dentista. Descrever a literatura acerca de casos que venham mostrar a relação das infecções fúngicas na cavidade oral, com o uso de próteses dentárias. Neste estudo, foi realizada uma revisão bibliográfica da literatura. Para a busca dos artigos foi utilizada a base de dados SciELO. Para o levantamento dos artigos foram utilizados como descritores: Candidíase bucal, Prótese dentária, Lesões orais, higiene bucal e odontologia geriátrica. Os critérios de inclusão para seleção da amostra foram: artigos publicados em português, publicados e indexados na referida base de dados, nos últimos cinco anos e que retratassem a temática em estudo. Há vários procedimentos com o objetivo de promover os cuidados com a prótese, mas basicamente a conscientização e auxílio são os mais abertos. A prótese dentária além de ajudar a função e estética de pacientes que precisam de reabilitação oral das áreas desdentadas, podem ser a causa de muitos problemas, um deles seria a infecção, pois, muitos usuários possuem dificuldades em realizar a limpeza adequada, causando assim a manifestação de patologias na mucosa oral, tais como a hiperplasia papilar inflamatória, estomatite protética e candidíase.

Downloads

Publicado

04/08/2019