POLARIZAÇÃO DA DOENÇA CÁRIE EM IDADE ESCOLAR - GRANDES ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS DE 1986 A 2010 NO BRASIL

Autores

  • Ana Beatriz Fernandes da Silva Monteiro
  • Marayana Delane Batista Melo
  • Emilly Amorim Alcântara
  • Arilma Selma de Oliveira Carvalho
  • Daniela Ferreira de Oliveira
  • Sebastião João da Silva Neto
  • Silvia Girlane Nunes da Silva

Resumo

A cárie é a doença mais frequentemente tratada na odontologia brasileira, sendo ainda a maior causa de perda dentária no país. Nas últimas décadas, ocorreu um declínio exponencial na incidência da doença no país. O presente estudo tem como objetivo estimar a polarização da cárie em crianças e adolescentes no Brasil, ressaltando os fatores determinantes para o declínio da doença e os desafios que precisam ser superados para a erradicação da perda de dentes por cárie. Para isso, foi realizado um levantamento bibliográfico nas bases de dados Scielo/LILACS e dados epidemiológicos do Ministério da Saúde. Ao longo dos anos ocorreu significativa redução na prevalência e na gravidade da doença associada a um maior acesso a serviços odontológicos restauradores. Essa tendência de declínio da cárie e o incremento no acesso aos serviços se reproduzem também nos adolescentes (15 a 19 anos). Isso corrobora o fato de que embora a prevalência e a severidade da cárie dentária tenham diminuído entre esse grupo, persistem as dificuldades para ampliar o acesso aos recursos de prevenção e assegurar tratamento dentário às pessoas afetadas. Além disso, o prognóstico da doença é pior para aqueles que se apresentam em vulnerabilidade social e residente em área rural devido a perda precoce do elemento dentário. Outro fato preocupante é o alto índice da cárie na dentição decídua que continuam não sendo tratados. As restaurações dentárias correspondem a cerca de um terço dos cuidados ofertados e a exodontia precoce ainda é considerada elevada nos dentes afetados por cárie. A ampliação do acesso à água e dos dentifrícios fluorado têm resultado em expressiva diminuição na sua prevalência geral, constituindo-se em estratégia de atenção básica necessária para reduzir a incidência da doença cárie no país.

Downloads

Publicado

05/08/2019