RESINA COMPOSTA VS CERÂMICA NA REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DO SORRISO

Autores

  • Cleslanny Kevinny Moreira da Silva
  • José Itamar de Omena Mateus Rocha

Resumo

Em uma sociedade contemporânea mais preocupada com os padrões de beleza, o comprometimento estético do sorriso afeta diretamente a autoestima, qualidade do convívio social, comportamento e relações pessoais do indivíduo. A harmonia facial depende da disposição, do alinhamento e da posição dos dentes, que, quando se encontram em uma geometria apropriada, traduzem a expressão do que é belo. Os problemas encontrados no desequilíbrio na harmonia do sorriso são causados por alterações promovidas por bordas incisais gastas ou fraturadas, ausências dentárias, diastemas, giroversões, e dentes conoides. O emprego da ortodontia foi por muito tempo à alternativa clínica de escolha para solução destes problemas, porém, muitos pacientes não são receptivos ao tratamento ortodôntico por ser mais demorado e com custo mais alto. Além disso, muitas vezes, o tratamento ortodôntico isolado não é suficiente para a aproximação ideal dos dentes, sendo necessária, a correção estética subsequente à ortodontia. Atualmente, existem diversas técnicas e tratamentos restauradores que alcançam resultados estéticos e funcionais satisfatórios, como as cerâmicas e resinas compostas. As cerâmicas, por apresentarem, propriedades visuais muito semelhantes às dos dentes naturais e propriedades mecânicas superiores às das resinas compostas, são muitas vezes o material de escolha para restaurações dentárias, principalmente nos dentes anteriores, em que a demanda estética é maior. Porém as restaurações cerâmicas requerem uma forma e um preparo adequado do dente que vai recebê-la, o que, em grande parte das vezes, envolve um desgaste significativo desse elemento dental, fator que deve ser considerado antes de realizar tal tipo de tratamento. Em contrapartida as resinas compostas possibilitam a confecção da restauração de forma direta, por meio da utilização de um material com adequado custo-benefício e excelentes resultados estéticos, e de longevidade satisfatória quando bem empregadas; estas restaurações possibilitam um resultado estético satisfatório, com uso de uma técnica que não requer desgastes teciduais.

Downloads

Publicado

11/08/2019