Lesões no Colo Uterino sob Visão Colposcópica: Achados Anatomopatológicos em Serviço Ginecológico

Autores

  • José Humberto Belmino Chaves Universidade Federal de Alagoas
  • Alessandra Plácido Lima Leite
  • Antônio Fernando de Souza Bezerra
  • Márcio Felipe Soares Sales
  • Rayana Valéria da Cruz Neves

DOI:

https://doi.org/10.28998/rpss.v3i3.5545

Resumo

Objetivo: Avaliar o anatomopatológico obtido através da classificação colposcópica da zona de transformação e o resultado da colposcopia, citologia e biópsia prévios e em seguimento por 6 e 12 meses após o tratamento. Método: Trata-se de um estudo epidemiológico, transversal e retrospectivo, com amostra obtida através de prontuários e laudos de anatomopatológico de pacientes mulheres maiores de 18 anos, atendidas no ambulatório de Patologias do Trato Genital Inferior de um hospital universitário no período compreendido entre janeiro de 2012 a dezembro de 2016, que realizaram conização para tratamento de lesão de alto grau de colo uterino e que possuam dados de citologia, colposcopia, biópsia e anatomopatológico descritas no prontuário. Resultados: Os resultados encontrados nessa pesquisa, apresentam concordância com outros estudos realizados na literatura. A amostra compreende-se mulheres portadoras de Lesão Intraepitelial de Alto Grau, na sua maioria entre a faixa etária de 30 e 40 anos. Depreende-se também, alta associação entre a multiparidade com as lesões de alto grau e baixa significância na discordância entre os métodos diagnósticos avaliados.  Conclusão: A detecção e o tratamento adequado das lesões precursoras é a base para o controle da doença. Sendo assim, são necessários esforços para melhorar a sensibilidade e especificidade testes diagnósticos, assim como para aumentar a conscientização das mulheres sobre os fatores de exposição ao HPV e a necessidade de adesão aos programas de controle.

Downloads

Publicado

31/01/2019

Como Citar

Chaves, J. H. B., Leite, A. P. L., Bezerra, A. F. de S., Sales, M. F. S., & Neves, R. V. da C. (2019). Lesões no Colo Uterino sob Visão Colposcópica: Achados Anatomopatológicos em Serviço Ginecológico. Revista Portal: Saúde E Sociedade, 3(3), 907–920. https://doi.org/10.28998/rpss.v3i3.5545

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL