A PALHAÇOTERAPIA NA FORMAÇÃO MÉDICA – RELATO DE EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO INFANTIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/rpss.v5i1.7317

Resumo

Objetivo: Relatar a experiência de um acadêmico de medicina na atuação como palhaço doutor em um hospital infantil, destacando a importância e a contribuição da palhaçoterapia na formação médica. Metodologia: Trata-se do relato de experiência de um acadêmico de medicina, membro do projeto de palhaços doutores, Sorriso de Plantão, com visitas semanais a um hospital infantil. Resultados: A introdução do estudante de medicina à arte do palhaço proporciona uma abordagem prática dos conceitos de humanização e de integralidade do cuidado que, associados ao contexto de hospitalização infantil e à terapia do riso, destoam da abordagem biomédica e hospitalocêntrica ainda presente nos profissionais de saúde. Conclusão: Verifica-se que a inserção do estudante de medicina na arte da palhaçaria, durante a formação acadêmica, proporciona a quebra de paradigmas e de preconceitos difundidos por profissionais com escopo biomédico, redefinindo o conceito de cuidado.

Biografia do Autor

Pedro Braz de Lucena Neto, Universidade Federal de Alagoas

Médico graduado pela Universidade Federal de Alagoas (FAMED/UFAL). Foi bolsista do programa Ciências sem Fronteiras, com graduação sanduíche na University of Toronto, Canadá, exercendo estágio (internship - summer placement) no laboratório de neurobiologia do Centre for Addiction and Mental Health - Toronto, Canadá, em modelos pré-clínicos de esquizofrenia. Participou do programa Jovens Talentos para a Ciência, desenvolvendo pesquisa na área de fisiologia cardiorrespiratória do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, ICBS-UFAL. Atuou como membro editor da seção de História da Medicina da revista NeuroGenesis (2015-2016), membro do Centro Acadêmico Sebastião da Hora (FAMED/UFAL), e como monitor das disciplinas de Semiologia Psiquiátrica (PREARPE) e de Saúde e Sociedade (FAMED/UFAL). Exerceu o cargo de presidente da Liga Alagoana de Neurologia e Neurocirurgia - LANNc (2016/2017) e atuou como membro do Projeto Sorriso de Plantão (2017/2018).

Maria Rosa da Silva, Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas

Graduada Enfermagem pela Universidade Federal de Alagoas/UFAL. Mestre Ensino na Saúde na FAMED/UFAL (2018).Especialização em Preceptoria do SUS pelo Hospital Sírio Libanês (2013).Especialista em Enfermagem Pediátrica e Neonatologia pela Faculdade Integrada de Patos (FIP/2016). Especialista em Urgência e Emergência pelo IBPEX (2010).Enfermeira do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Maceió(2008/abril 2013).Supervisora de Alagoas na pesquisa "Nascer no Brasil:Inquérito Nacional sobre o Parto e Nascimento" da Instituição de Saúde Oswaldo Cruz/FIOCRUZ(2010/2012).Mediadora do Selo Unicef nos municípios de Alagoas avaliação no período 2008-2012. Professora efetiva da UNCISAL, vinculada ao Núcleo de Saúde Materno, Infantil e Adolescente (NUSMIAD) Coordenadora de Projetos do Programa Pró- criança na Pró-reitoria de Extensão e Projeto Rondon representando a UNCISAL junto ao ministério da defesa/DF.Ministra aulas no curso de Enfermagem na disciplina de BIAS I, II semestral e BIAS III anual. Docente responsável pela Extensão no Colegiado do Curso de Graduação em Enfermagem, foi Gerente de Cultura,Esporte e Lazer (2012/2013) e integrante do Comitê de Ética e Pesquisa (CEP/2013). Atuou como Preceptora da Residência Multiprofissional em Saúde da Família (2012/2014). Tutora do Curso de AIDPI Neonatal vinculado a Secretaria Estadual de Alagoas.Coordenadora do Projeto de extensão Sorriso de Plantão/UFAL desde 2003.Professora no Centro Universitário Tiradentes (UNIT) desde 2012, disciplina de Integração em Ensino, Serviço e Comunidade-IESC no curso de medicina. Membro câmara técnica de atenção á saúde da criança e adolescente COREN/AL portaria N.035/2018. Doutoranda na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) em 2019.

Downloads

Publicado

14/06/2020

Como Citar

Braz de Lucena Neto, P., & da Silva, M. R. (2020). A PALHAÇOTERAPIA NA FORMAÇÃO MÉDICA – RELATO DE EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO INFANTIL. Revista Portal: Saúde E Sociedade, 5(1), 1380–1389. https://doi.org/10.28998/rpss.v5i1.7317

Edição

Seção

RELATO DE EXPERIÊNCIA

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)