Algumas Tendências sobre o Ensino de Números Inteiros: uma metassíntese das pesquisas brasileiras

Autores

Palavras-chave:

Análise de pesquisas, Educação Matemática, Números inteiros, Possibilidades de ensino

Resumo

Este trabalho teve como finalidade investigar nas pesquisas brasileiras as principais tendências sobre o ensino de Números Inteiros no Ensino Fundamental. Para fundamentar essa discussão utilizamos ideias de alguns pesquisadores como Baldino, Medeiros e Medeiros, Teixeira e Borba que nos apresentou algumas dificuldades e possíveis possibilidades de se ensinar números inteiros e, trouxemos dados encontrados nos documentos oficiais como a BNCC que indica possibilidades a de modo a orientar o professor sobre qual melhor caminho tomar. Para realizar este estudo, foi feito um levantamento de pesquisas no Site Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) por meio das palavras chaves: números inteiros, Ensino fundamental e Educação matemática. A partir dessas palavras chaves foram encontradas 53 pesquisas e destas, 23 foram analisadas e, para fazer a análise utilizamos a metodologia Metassíntese que de acordo com Fiorentini e Coelho é uma pesquisa baseada a partir do conjunto de outras pesquisas já apresentadas. Após a análise dessas pesquisas foram identificadas seis categorias emergentes sendo elas: Pesquisa Bibliográfica, Sequência de Atividades, Utilização de Recursos e Softwares, Recursos Manipuláveis, História da Matemática e Pesquisa sobre a Prática Pedagógica do Docente. Apontamos três tendências e, o que podemos concluir é a necessidade de realizar mais pesquisas com o professor e, utilizar recursos metodológicos envolvendo tecnologias e jogos para ensinar números inteiros no Ensino Fundamental.

Referências

ALENCAR, Edvonete Souza; ALMOULOUD, Saddo Ag. A Metodologia de Pesquisa: Metassíntese Qualitativa. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 25, n. 3, p. 204-220, set./dez. 2017.

ALVES, Evanilson Landim. Menos com menos é menos ou mais? Resolução de problemas de multiplicação e divisão de números inteiros por alunos do Ensino Regular e da Educação de Jovens e Adultos. 2012. 207 f. Dissertação (Mestrado em Matemática e Tecnologia) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.

BALDINO, Roberto Ribeiro. Sobre a epistemologia dos números inteiros. Educação Matemática. Sociedade Brasileira de Educação Matemática, São Paulo, 2003, v. 3, n. 5, p. 4-11, nov. 1996. Disponível em: <https://bdtd.ibict.br/vufind/Search/Advanced>. Acesso em: 17 ago. 2020.

BORBA, Rute; GUIMARÃES, Gilda. A Pesquisa Em Educação Matemática: repercussões na sala de aula. São Paulo: Cortez Editora, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: educar é a base. 1. ed. Brasília: MEC, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental. 1. ed. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CÂNDIDA, Silvia Aparecida. O ensino dos números inteiros por meio da história da matemática. In: PARANÁ. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE. Curitiba: SEED, 2013. p. 1-26. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_uenp_mat_pdp_silvia_aparecida_candida.pdf>. Acesso em: 11 jul. 2020.

CHIAROTTI, João Paulo. Números Inteiros: uma proposta de tratamento para o Ensino Fundamental a partir das ideias de Descartes e Hilbert. 2016. 151 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) – Universidade Federal de Londrina, Londrina, 2016.

FELIPE, Natali Angela. A significação dos números inteiros por estudantes cegos e de baixa visão a partir do material Soroban dos inteiros. 2021. 127 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciência e Tecnologia) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2021.

FERREIRA, Francelise Ide Alves. Uma trajetória de ensino e aprendizagem para o estudo de números inteiros. 2019. 101 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2019.

FIORENTINI, Davi; COELHO, Maria Aparecida V. M. Aprendizagem Profissional em Comunidades Investigativas. Leitura: Teoria e Prática, Campinas, n. 58, p. 1053-1062, jun. 2012.

FIORENTINI, Davi; LORENZATO, Sérgio. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

GALVÃO, Maria Aleir Ribeiro. Objetivos e ações no Ensino da Matemática: investigando a coerência e os níveis de complexidade avaliados. 2006. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ensino das Ciências) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2006.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. São Paulo: Rae Artigos, 1995.

GONÇALVES, Renata Siano. Um estudo com os números inteiros usando o programa Aplusix com alunos de 6° série do Ensino Fundamental. 2007. 143 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

HENZ, Carla Cristina. O uso de tecnologias no ensino-aprendizagem da Matemática. 2006. 29 f. Trabalho de Conclusão e Curso (Graduação em Matemática do Departamento de Ciências Exatas e da Terra) – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Erechim, 2006.

IFRAH, Georges. História universal dos algarismos: a inteligência dos homens contadas pelos números e pelo cálculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997.

LIBÂNEO, José Carlos. Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissão docente. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

LUNA, Everton Luiz Silva. O pensamento dos comerciantes medievais como elemento textual para o ensino dos números inteiros na educação básica. 2019. 79 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática em Rede Nacional) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

MACHADO, Maurício de Souza. Estratégias pedagógicas com uso de tecnologias de informação e comunicação: uma abordagem para a construção do conhecimento em operações aritméticas básicas e nas chamadas “regras de sinais”. 2010. 13 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

MEDEIROS, Alexandre; MEDEIROS, Cleide. Números negativos: uma história de incertezas. BOLEMA, Rio Claro, v. 7, n. 8, p. 49-59, fev. 2008.

MIRANDA, Marcia Regiane. Pensamento proporcional: uma metanálise qualitativa de dissertações. 2009. 132 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.

MORAIS, Anuar Daian de. Fórmula (-1): desenvolvendo objetos digitais de aprendizagem para as operações com números positivos e negativos. 2010. 223 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Matemática) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

NASCIMENTO, Maria José Almeida do. A contextualização da Construção de Conceitos Matemáticos no Ensino Fundamental. In: CONGRESSO NACIONAL DA EDUCAÇÃO, 5., 2018, Recife. Anais eletrônicos [...]. Recife, 2018. Disponível em: <http://editorarealize.com.br/editora/anais/conedu/2018/TRABALHO_EV117_MD4_SA13_ID10005_10092018215016.pdf>. Acesso em: 31 maio 2022.

NEVES, Renato Silva. O uso de jogos na sala de aula para dar significado ao conceito de números inteiros. 2010. 110 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Exatas) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.

NIVEN, Ivan. Números: racionais e irracionais. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática, 1984.

OLIVEIRA, Catharina Adelino de. Números Negativos: estratégias de resolução de problemas de alunos do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Maceió. 2014. 115 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.

ONNETA, Antonio Alberto. O problema do ensino dos números inteiros dentro da matemática e a apresentação de um protótipo alternativo valorizando o uso de jogos. 2002. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

POMMER, Wagner Marcelo. Diversas abordagens das regras de sinais nas operações elementares em Z. São Paulo: USP, 2010.

PONTES, Mércia de Oliveira. Obstáculos superados pelos matemáticos no passado e vivenciados pelos alunos da atualidade: a polêmica multiplicação de números inteiros. 2010. 158 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

RAMA, Aguinaldo José. Números inteiros nos Ensinos Fundamental e Médio. 2005. 196 f. Dissertação (Mestrado Profissional no Ensino de Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

REZENDE, Lucinei Marques. Contribuições de uma sequência de atividades para o ensino das operações de adição e subtração de números inteiros para alunos com TDAH. 2021. 137 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Exatas) – Universidade do Vale do Taquari, Lajeado, 2021.

ROQUE, Ana Catarina Cantoni. Uma investigação sobre a participação da história da matemática em uma sala de aula do Ensino Fundamental. 2012. 148 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Conhecimento e Inclusão Social) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.

SANTANA, Flávia Cristina de Macedo. O trabalho colaborativo com professores de matemática e seus conflitos entre/nos textos produzidos por seus participantes. 2015. 132 f. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) – Universidade Estadual da Bahia, Salvador, 2015.

SANTELLI, Luciana; ARAÚJO, Nelma Sgarbosa Roman de. Ensino-aprendizagem das operações com números inteiros por meio de resoluções de problemas, de jogos e mídias tecnológicas. In: PARANÁ. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE. Curitiba: SEED, 2013. p. 2-27.

SILVA, Eliel Constantino da Silva. Pensamento computacional e a formação de conceitos matemáticos nos anos finais do ensino fundamental: uma possibilidade com kits de robótica. 2018. 267 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2018.

SILVA, Maristela Alves. Elaborações de estudantes do 7° ano do Ensino Fundamental sobre números inteiros e suas operações. 2012. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Exatas) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.

SOARES, Elisabete A. Alves et al. PCNs x BNCC e o Currículo de Língua Portuguesa. In: SEMANA DE EDUCAÇÃO, 18., 2019, Londrina. Anais... Londrina: UEL, 2019.

SOARES, Luiz Havelange. Os conhecimentos prévios e o ensino dos números inteiros. 2007. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Sociedade) – Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2007.

SOARES, Pércio José. O jogo como recurso didático na apropriação dos números inteiros: uma experiência de sucesso. 2008. 151 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.

SOUZA, Flávio Cabral de. Números inteiros e suas operações: uma proposta de estudo para alunos do 6°ano com o auxílio da tecnologia. 2015. 128 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

SOUZA, Rodrigo Guerreiro Viana de. Uma proposta de sequência didática para o ensino de operações com números inteiros para alunos do EJA. 2019. 81 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.

TEIXEIRA, Leny Rodrigues Martins. Aprendizagem Operatória de Números Inteiros: obstáculos e dificuldades. Pro-Posições, Campinas, v. 4, n. 1, p. 60-72, mar. 1993.

TODESCO, Humberto. Um estudo com os números inteiros nas séries iniciais: Re-aplicação da pesquisa de Passoni. 2006. 222 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino da Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

Downloads

Publicado

13/12/2022

Como Citar

Souza Miola, A. F. de, & Rossetti , M. . (2022). Algumas Tendências sobre o Ensino de Números Inteiros: uma metassíntese das pesquisas brasileiras. Revista Diálogos Em Educação Matemática, 1(1), e202205. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/redemat/article/view/14570