Transformações do capitalismo contemporâneo: a reconfiguração de um novo padrão de acumulação capitalista

Autores

  • Victor Emmanuel Feitosa Hortencio
  • Ana Maria Rita Milani

DOI:

https://doi.org/10.28998/repd.v7i19.8732

Resumo

O presente trabalho tem o intuito de analisar os condicionantes históricos que marcaram o período de transição entre o antigo modo de acumulação capitalista, baseado no “fordismokeynesianismo” e o modelo atual, predominantemente financeiro. Destaca-se, também, os desdobramentos e as consequências dessa transição dentro das economias nacionais, centrais e periféricas, ena própria dinâmica de funcionamento da economia internacional. Para tal fim, se faz uma análise dos principais fatos históricos que cerceiam o ápice, e a derrocada do antigo padrão de acumulação capitalista, destacando os países responsáveis pelos (des)caminhos e ações que determinaram os rumos tomados pela história econômica do capitalismo contemporâneo.

Biografia do Autor

Victor Emmanuel Feitosa Hortencio

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal da Bahia (PPGE-UFBA). Bahia, BA, Brasil.
victor.vefh@gmail.com

Ana Maria Rita Milani

Doutora do Programa de Pós-graduação em Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora adjunta da Universidade Federal de Alagoas. Maceió, AL, Brasil.
anamilani16@hotmail.com

Referências

ARRIGHI, G. O longo século XX: dinheiro, poder e as origens de nosso tempo. Tradução Vera

Ribeiro. Contraponto. São Paulo, 1996.

BALANCO & PINTO, Eduardo Costa. Os anos dourados do capitalismo: uma tentativa de

harmonização entre as classes. PESQUISA & DEBATE, SP, volume 18, número 1 (31) pp. 27-47, 2007.

CHESNAIS, F. A finança mundializada: raízes sociais e políticas, configuração e consequência.

Tradução de Rosa Maria Marques e Paulo Nakatani. São Paulo, Boitempo, 2005.

CANO, W. Soberania e Política Econômica na América Latina. São Paulo. Editora UNESP, 2000.

DATHEIN, R. Sistema monetário internacional e globalização financeira nos sessenta anos de Bretton Woods. Revista da Sociedade brasileira de Economia Política. Rio de Janeiro, nº 16, p. 51-73, junho 2005.

EICHENGREEN, B. A Globalização do Capital – uma história do sistema monetária

internacional.Editora 34, 2000.

FANJZYLBER, F. La industrializacion trunca de América latina. México, 1983.

FIORI, J. L. Globalização, hegemonia e império. In TAVARES, M. C & FIORI, José Luís. Poder e

dinheiro: uma economia política da globalização. Petrópolis, Vozes, 1997

__________. Sistema Mundial e América Latina: mudanças e perspectivas. São Paulo, junho, 2006.

MCNALLY, David. Global slump: the economics and politics of crisis and resistance, 2010.

MELLO, G. M. C. Teorias marxistas sobre o capitalismo contemporâneo. Programa de PósGraduação em Sociologia, USP, Tese de Doutoramento, 2012.

PANITCH, L. e GINDIN, S.The Making of Global Capitalism.Verso Books, Londres, 2012.

PINTO, E.; BALANCO, P. Transformações do capitalismo contemporâneo e os impactos para a

América Latina: retrospectivas, mudanças e perspectivas. UFRJ. Textos para discussão, 2013.

PINTO, E. C. O eixo sino-americano e as transformações do sistema mundial: tensões e

complementariedades comerciais, produtivas e financeiras. In: Ferreira Leão, R.; Pinto, E.C.; Acioly, L. A China na Nova Configuração Global. Impactos políticos e econômicos, IPEA, 2011.

TAVARES, M. C.; FIORI. J. L. (Des) Ajuste global e modernização conservadora. Rio de

Janeiro: Paz e Terra, 1993.

TAVARES, M. C.; FIORI. J. L. A retomada da hegemonia norte-americana. In: Tavares, Maria da

Conceição; FIORI, José Luís (orgs.). Poder e dinheiro: uma economia política da globalização.

Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1997.

Downloads

Publicado

12/09/2019

Edição

Seção

Artigos