Os destinos turísticos face às populações locais: intervenções, efeitos e práticas na Praia do Cumbuco, Ceará, Brasil

Autores

  • Francisco Willams Ribeiro Lopes Mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará.

Palavras-chave:

Turismo, Populações locais, Efeitos, Cumbuco, Ceará

Resumo

O presente artigo analisa a configuração de localidades litorâneas em destinos turísticos, com ênfase nas transformações socioculturais ocorridas nestas áreas. Trata-se de um estudo dos efeitos do turismo sobre populações locais gerados por meio de processos, apropriações e incorporações feitos por grandes empresários, poderes públicos, turistas e moradores. O campo empírico pesquisado é a localidade do Cumbuco, situada no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Ceará, Brasil. A construção da Praia do Cumbuco como um destino turístico tem sido resultado de investimentos estatais e privados desde a década de 1990, contribuindo para que Caucaia se torne o município mais visitado pelos turistas nacionais e internacionais que ingressam no Ceará (excluindo, Fortaleza) durante os últimos anos. Esta configuração não é resultado apenas de tais investimentos, mas também está ligada às práticas sociais efetivadas, relacionadas à pesca, ao veraneio e ao turismo. Considerando as intervenções públicas, privadas e comunitárias que visam produzir um espaço adequado para o turismo, procuro mostrar os efeitos da intensificação deste fenômeno sobre o modo de vida e o espaço vivido dos nativos do Cumbuco. A partir da observação etnográfica, identifico como o turismo tem alcançado moradores de áreas litorâneas e quais efeitos têm provocado no seu modo de ser e de viver.

Biografia do Autor

Francisco Willams Ribeiro Lopes, Mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará.

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ). Mestre em Sociologia e Graduado em Ciências Sociais pela UFC. Pesquisador do Laboratório de Estudos de Política e Cultura (Lepec/UFC).

Downloads

Publicado

31/01/2015