Apontamentos sobre a insustentabilidade de um Programa Político: O Caso do Programa Monumenta em Penedo -AL

Autores

  • Silvana Pirillo Ramos Professora Associada do Curso de Turismo da Universidade Federal de Alagoas. Doutora em Sociologia pela PUC-SP.

Palavras-chave:

Programa Monumenta. Turismo Cultural. Representações sociais

Resumo

O artigo analisa a relação da população de Penedo, município ao sul do Estado de Alagoas, tombado em 1995, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), com a forma de ativação do patrimônio cultural promovido pelo Programa Monumenta, programa estratégico do Ministério da Cultura que visa conjugar recuperação e preservação do patrimônio cultural com desenvolvimento econômico pela via do turismo. Com um patrimônio cultural significativo para a história do Brasil colonial, Penedo ficou entre vinte e seis municípios escolhidos para o desenvolvimento do programa.Considerando-se a dimensão utilitária inerente aos processos de construção e ativação patrimonial, objetiva-se compreender as formas desiguais de apropriação do espaço, o comprometimento do caráter de política pública, promovendo uma avaliação do Programa Monumenta, a partir de sua recepção e tradução no cotidiano dos moradores do Centro Histórico. O referencial teórico metodológico se constitui por análises documentais, observação participante, análise das notícias na mídia e realização de entrevistas semiestruturadas com a população residente no centro histórico, a fim de, por meio da análise dos discursos, apreender as representações sociais. Busca-se identificar como um programa político se traduz no cotidiano de quem vivencia e sofre diretamente as consequências das ações implementadas, o que permite indicar elementos que dificultam o processo de sensibilização e mobilização, fatores centrais para seu desenvolvimento e sustentabilidade.

Biografia do Autor

Silvana Pirillo Ramos, Professora Associada do Curso de Turismo da Universidade Federal de Alagoas. Doutora em Sociologia pela PUC-SP.

Dra., Mestre e Bacharela em Ciências Sociais pela PUC-SP, Professora Associada  da Universidade Federal de Alagoas

Downloads

Publicado

01/04/2015