DESVENDANDO CAMINHOS DO TURISMO DE AVENTURA NO BRASIL

Autores

  • Luzia Neide Menezes Teixeira Coriolano Universidade Federal do Ceará
  • Elenildo Oliveira de Morais Empresa Morais Tur Viagens & Turismo de São José de Mipibu

Palavras-chave:

Turismo, Aventura, Risco, segurança.

Resumo

O turismo de aventura fundamenta-se no lazer de natureza, na aventura e risco que turistas desejam experimentar exigindo cuidados especiais. Diferencia-se dos esportes radicais ou ecoesportes realizados por profissionais. Os esportes são praticados sob condições de risco calculado, incluem manobras arrojadas e controladas que propiciam fortes emoções, enquanto o turismo de aventura são atividades de entretenimento de leigos, sem caráter competitivo, como nos esportes radicais. Os autores analisam modalidades de turismo de aventura, exigências, normatizações, espaços apropriados e tecem considerações teóricas pautadas em dados de pesquisa de campo, em lugares prioritários do turismo de aventura no Brasil. Mostram como o Código de Práticas de Operadoras de Ecoturismo e/ou Turismo de Aventura relaciona aspectos que precisam ser respeitados, em proteção dos ecossistemas, o que é observado em países que reconhecem a conservação da natureza como condições básicas para o desenvolvimento do turismo de natureza.

Biografia do Autor

Luzia Neide Menezes Teixeira Coriolano, Universidade Federal do Ceará

Elenildo Oliveira de Morais, Empresa Morais Tur Viagens & Turismo de São José de Mipibu

Turismólogo, Gerente da Empresa Morais Tur Viagens & Turismo de São José de Mipibu, Pesquisador do Turismo de Aventura, no Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

10/12/2011

Edição

Seção

Artigos