FRONTEIRAS E DIÁLOGOS DISCIPLINARES: POSSÍVEIS COMUNICAÇÕES E TROCAS ENTRE OS CAMPOS DE CONHECIMENTO DA ANTROPOLOGIA E DO TURISMO

Luiz Antonio de Oliveira

Resumo


As ideias de circulação, trânsito e mobilidade podem servir de ponto de partida para se refletir a respeito das trocas e diálogos disciplinares. Assim, pensando nas relações entre os campos de conhecimento da antropologia e do turismo no universo acadêmico, propõe-se, a partir das sugestões de Pierre Bourdieu sobre as “condições sociais de circulação internacional das ideias”, chamar a atenção para o papel das “estruturas de recepção” na construção de fronteiras entre as disciplinas e no estabelecimento de diálogos entre elas. Da descoberta do turismo como objeto antropológico aos aportes teóricos e metodológicos da perspectiva etnográfica para os estudos e pesquisas sobre o fenômeno turístico, os empréstimos e trocas mútuas ajudam a compreender como se dá o processo de construção dos discursos de antropólogos e de turismólogos ao se aproximarem ou se distanciarem em torno de objetos de estudo ou áreas de atuação profissional. Nesta relação, os processos sociais de “apropriação dos discursos” e de construção de suas “vontades de verdade”, em termos foucaultianos, apontam para estratégias de legitimação de discursos e de constituição de relações de poder no campo acadêmico. Não obstante as especificidades dos discursos disciplinares, o estreitamento dos diálogos entre eles parecem também apontar para vocabulários e perspectivas políticas tornadas comuns diante de uma nova ordem discursiva internacional.


Palavras-chave


Antropologia e turismo; Fronteiras, circulações e trocas disciplinares; Estruturas de recepção.

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).