As noções de espiritualidade do campo de estudos da psicologia transpessoal brasileira

Autores

  • Divanise Suruagy Correia Faculdade de Medicina - UFAL
  • Aurino Lima Ferreira

Resumo

A psicologia transpessoal surge no cenário brasileiro no final dos anos 70 com uma agenda de pesquisa e estudos atrelada à inclusão da espiritualidade como dimensão humana e aspecto fundamental na promoção da saúde. A partir de uma revisão sistemática tomada como problematização, apresentamos as cinco principais noções de espiritualidade mobilizadas no campo acadêmico brasileiro transpessoal: 1) a espiritualidade como o não religioso; 2) a espiritualidade como experiência transformadora; 3) a espiritualidade como cultivo de valores humanos fundamentais, 4) a espiritualidade como visão integral; e 5) a espiritualidade participativa decolonial. O conjunto destas noções pode contribuir não apenas para a complexificação dos estudos da espiritualidade, como também para ampliação das perspectivas de saúde e o cultivo do bem viver.

Referências

REFERÊNCIAS

Maslow AH. Toward a Psychology of Being. New York: D. Van Nostrand Company; 1968.

Vich MA. Some historical sources for the term “transpersonal”. Journal of Transpersonal Psychology, 1998; 20(2): 107-110.

Taylor E. William James and transpersonal psychiatry. En B. Scotton, A. Chinen & J. Battista (Eds.). Textbook of Transpersonal Psychiatry and Psychology (p. 21-28). New York: Basic Books; 1996.

Friedman HL, Hartelius G. The Wiley-Blackwell handbook of transpersonal psychology. United Kingdom: Wiley-Blackwell; 2013.

Scotton B, Chinen A, Battista J (Eds.). Textbook of Transpersonal Psychiatry and Psychology. New York, New York: Basic Books; 1996.

Ryan MB. The transpersonal William James. Journal of Transpersonal Psychology. 2008 Jun; 40(1): 20-40.

Jung CG. Ab-reação, análise dos sonhos, transferência. Obras Completas. Petrópolis: Vozes, 2008. v. XVI/2.

Daniels M. Shadow, Self, Spirit: Essays in Transpersonal Psychology. Exeter & Charlottesville, VA: Imprint Academic; 2005.

Strohl J. Transpersonalism: Ego Meets Soul. Journal of Counseling and Development 1998; 76: 397-403.

Grof S et al. The Past and Future of the International Transpersonal Association. International Journal of Transpersonal Studies 2008; 27: 55-62.

Araujo AC, Santana CL, Kazasa EH, Lacerda SS, Tanaka LH. Efeitos de um curso de meditação de atenção plena em estudantes da saúde no Brasil. Acta Paul Enferm. 2020; 33:1-9.

Behan C. The benefits of meditation and mindfulness practices during times of crisis such as COVID-19. Irish journal of psychological medicine 2020; 37(4): 256-258. Avaiable from: https://doi.org/10.1017/ipm.2020.38

Votto GG, Carvalho, HCW. Bem-estar psicológico e meditação: um estudo associativo. Estud. Interdiscip Psicol. 2019 Dez.; 10(3): 60-75.

Cossia T, Andrade MFR. Contribuições da meditação em âmbito escolar. Interfaces da Educ., 2020; 11(31): 153-176.

Ribeiro RBP. Cultivo da atenção em espaços educacionais: elaboração, implementação e análise de um projeto de cultivo da atenção em uma perspectiva integral. [Tese]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2019. Doutorado em Educação.

Arantes MM. Educação emocional integral: análise de uma proposta formativa continuada de estudantes e professores em uma escola pública de Pernambuco. [Tese]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2019. Doutorado em Educação.

Sarmiento MJ. La Paradoja de la Conciencia Plena en Ausencia de Afectividad Ampliada: La Empatía Distanciada de la Ética en las Intervenciones Basadas en Midfulness y la Cuestionable Normalización Materialista de lo que Nos Hace Humanos. [Tese]. Paraná: Universidade Federal do Paraná, 2018. Doutorado em Educação.

Silva SCR. A espiritualidade na perspectiva transpessoal: contribuições para repensar o sujeito da educação. [Dissertação]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2015. Mestrado em Educação.

Vaughan F, Walsh R. Além do ego. Dimensões transpessoais em Psicologia. São Paulo: Ed. Cultrix/Pensamento; 1995.

Grof S, Grof C. Respiração Holotrópica: uma nova abordagem de autoexploração e terapia. Rio de Janeiro: Capivara; 2010.

Wilber K. Um Deus Social. São Paulo: Ed. Pensamento; 2011.

Ervedosa G, Portela GS, Oliveira VN. Espiritualidade, 2012. In: Tavares MFA, Azevedo CRF, Bezerra, MA. Tratado de Psicologia Transpessoal: antigos ou novos saberes em psicologia? Natal: EDUFRN; 2012.

Wilber K. O olho do espírito. São Paulo: Cultrix; 2000.

Wilber K. A visão integral: uma introdução à revolucionária abordagem integral da vida, de deus, do universo e de tudo mais. São Paulo: Cultrix; 2006.

Tart C. O Fim do Materialismo: como as evidências científicas dos fenômenos paranormais estão unindo ciência e espiritualidade. São Paulo: Cultrix; 2012.

Grof S, Grof C. A Tempestuosa Busca do Ser: uma guia para o crescimento pessoal através da crise de transformação. São Paulo: Cultrix; 1994.

Grof S, Grof C. Emergência Espiritual: crise e transformação espiritual. São Paulo: Cultrix; 1992.

Wilber K. Psicologia integral – consciência, espírito, psicologia, terapia. São Paulo: Ed. Cultrix; 2002.

Wilber K. Uma espiritualidade que transforma. s/d. Avaiable from: http://www.ariray.com.br/textossaladeleitura/uma_espiritualidade_que_transforma.pdf

Ferrer NJ. Revisioning Transpersonal Theory: A Participatory Vision of Human Spirituality. Albany, NY: SUNY Press; 2002.

Ferrer NJ. Participation and the mystery: transpersonal essays in psychology, education, and religion. Albany, NY: State University of New York Press; 2017.

Heron J. Participatory spirituality: A farewell to authoritarian religion. Morrisville, NC: Lulu; 2006.

Ferrer NJ. Participation, metaphysics, and enlightenment Reflections on Ken Wilber’s recent work. Approaching Religion 2015; 5(2): 42-66.

Maldonado-Torres, N. Sobre la colonialidade del ser: contribuciones al desarrollo de um concepto. In: Castro-Gómez, Santiago; Grosfoguel, Ramón (Org.). El giro decolonial. Reflexiones para uma diversidade epistémica más allá del capitalismo global. Bogotá: Iesco-Pensar-Siglo del Hombre Editores; 2007.

Santos BS. A gramática do tempo: para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez; 2010.

Mignolo WD. The darker side of western modernity: global futures, decolonial options. Durham, Duke University Press; 2011.

Publicado

18/06/2021

Como Citar

Correia, D. S., & Lima Ferreira, A. (2021). As noções de espiritualidade do campo de estudos da psicologia transpessoal brasileira. Revista Portal: Saúde E Sociedade, 6, e02106003. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/nuspfamed/article/view/12096

Edição

Seção

ENSAIO