Mortalidade por câncer de mama no Brasil entre 1980 e 2010

Autores

  • Gibson Santana Universidade Federal de Alagoas
  • Leyliane Macedo
  • Divanece Amorim
  • Yngrid Araújo
  • Antônio Albuquerque
  • Carlos Souza

Resumo

RESUMO: O câncer de mama é o segundo mais comum na população brasileira e o primeiro na população feminina. Este trabalho teve como objetivo analisar o perfil da mortalidade por câncer de mama no Brasil entre os anos 1980 e 2010. Trata-se de um estudo descritivo realizado utilizando dados disponibilizados pelo Instituto Nacional do Câncer. Foram analisados os indicadores de mortalidade segundo sexo, idade, unidade da federação e região. Observou-se um aumento no número de casos de câncer de mama nas últimas décadas, sendo uma enfermidade que acomete, predominantemente, a população feminina.  A taxa de mortalidade aumentou com a idade em ambos os sexos. Quando se comparou as taxas brutas, padrão Brasil e padrão mundial, a taxa de mortalidade feminina foi, aproximadamente, 100 vezes maior do que a masculina. O Rio de Janeiro apresentou a maior taxa de mortalidade ajustada para ambos os sexos. Na distribuição proporcional, o Sudeste deteve 58,28% dos óbitos por câncer de mama, ocupando a primeira posição. Conclui-se que a mortalidade por câncer cresceu no Brasil nas últimas décadas. Além disso, evidenciou-se uma distribuição heterogênea dos óbitos no país.

Palavras-chave: Neoplasias. Neoplasias de Mama. Mortalidade.

Referências

- Instituto Nacional do Câncer (Brasil). Estimativa 2016: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2015. [acesso em 2017 dez 15]. Disponível em: < http://www.inca.gov.br/wcm/dncc/2015/estimativa-2016.asp>.

-World Health Organization. Breast cancer detailed guide. 2013. [acessado 2017 dez 15]. Disponível em: http://www.cancer.org/acs/groups/cid/documents /webcontent/ 003090-pdf.pdf>.

-Carvalho MT. Avaliação de fatores prognósticos em tumores de mama nos estádios 2A e 3B e sua correlação com sobrevida [Tese]. São Paulo: Universidade de São Paulo; 2010.

- Rojas KL, Stuckey A. Breast Cancer Epidemiology and Risk Factors. Clin Obstet Gynecol. 2016; 59(4):651-72.

- Benz CC. Impact of aging on the biology of breast cancer. Crit Rev Oncol Hematol. 2008; 66(1):65-74.

- Martins CA, Guimarães RM, Silva RLPD, Ferreira APS, Gomes FL, Sampaio JRC, et al. Evolução da Mortalidade por Câncer de Mama em Mulheres Jovens: Desafios para uma Política de Atenção Oncológica. Rev Bras Canc. 2013; 59(3): 341-9.

- Mineo FLV, Matos LFB, Lima SS, Deluque AL, Ferrari R. Assistência de enfermagem no tratamento do câncer de mama. Rev Gestão & Saúde. 2013; 4(2): 2238-60.

- Silva AE, Serakides R, Cassali GD. Carcinogênese hormonal e neoplasias hormônio-dependentes Hormonal carcinogenesis and hormone dependents neoplasm. Ciênc. Rural. 2004; 34(2): 625-33.

- Breyer JZ. Avaliação de Potenciais Fatores de Risco para Câncer de Mama em uma População da Região Sul do Brasil [Dissertação]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2016.

- Salomon MFB, Mendonça JV, Pasqualette HAP, Pereira PMS, Sondermman VRM. Câncer de mama no homem. Mastology. 2015; 25(4): 141-5.

- Lattin GE, Jesinger RA, Mattu R, Glassman LM. Diseases of the male breast: radiologic-pathologic correlation. Radiographics. 2013; 33(2): 461-89.

- Soares LR, Gonzaga CM, Branquinho LW, Sousa AL, Souza MR, Freitas-Junior R. Mortalidade por câncer de mama feminino no Brasil de acordo com a cor. Rev Bras Ginecol Obstet. 2015; 37(8): 388-92.

- Santos GD; Chubaci RYS. O conhecimento sobre o câncer de mama e a mamografia das mulheres idosas frequentadoras de centros de convivência em São Paulo (SP, Brasil) Ciênc Saúde Colet. 2011; 16(5): 2533-40.

- Yildirim E, Dalgiç T, Berberoglu U. Prognostic significance of young age in breast cancer. J Surg Oncol. 2000; 74:267-72.

- Chor D, Oliveira EXG, Melo ECP, Pinheiro RS, Carvalho MS. Desigualdade socioeconômica afeta a chance de realizar mamografia no Brasil. CMDSS 2011 [homepage na internet] 5 Out 2011. [Acesso em 2017 dez 18]. Disponível em: <http://cmdss2011.org/site/wp-content/uploads/2011/10/CMDSS-1110.1v1.pdf>.

-Pinheiro AB, Lauter DS, Medeiros GC, Cardozo IR, Menezes LM, Souza RMB, et al. Câncer de mama em mulheres jovens: análise de 12.689 casos. Rev. bras. cancerol. 2013; 59(3): 351-9.

- Oliveira PP, Silva GA, Curado MP, Malta DC, Moura L. Confiabilidade da causa básica de óbito por câncer entre Sistema de Informações sobre Mortalidade do Brasil e Registro de Câncer de Base Populacional de Goiânia, Goiás, Brasil. Cad Saúde Pública. 2014; 30(2):296-304.

Downloads

Publicado

26/06/2021

Como Citar

Santana, G., Macedo, L., Amorim, D., Araújo, Y., Albuquerque, A., & Souza, C. (2021). Mortalidade por câncer de mama no Brasil entre 1980 e 2010. Revista Portal: Saúde E Sociedade, 6, e02106012. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/nuspfamed/article/view/12394

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)