O uso das novas tecnologias da informação e comunicação (NTIC) no ensino da Estatística e da Matemática Financeira no nível médio: uma revisão de literatura

Autores

Palavras-chave:

Educação Básica, Ensino Médio, Estatística, Matemática Financeira, NTIC

Resumo

O presente artigo configura-se como uma revisão bibliográfica direcionada para o ensino da Estatística e da Matemática Financeira, mas especificamente sobre o uso das novas tecnologias da informação e comunicação (NTIC) no ensino e aprendizagem dessas áreas do conhecimento. O objetivo do estudo consistiu na análise sobre a importância do uso das novas tecnologias no ensino médio. Para tanto, realizou-se uma revisão de literatura, buscando-se, dentre outros aspectos, identificar de que forma têm sido utilizadas as novas tecnologias durante o processo de ensino. O estudo constatou que o uso das ferramentas tecnológicas tem sido uma realidade na educação, e que estas contribuem significativamente no processo de ensino e aprendizagem dos discentes, devido à familiaridade que possuem com as novas tecnologias. Além disso, foi possível identificar na literatura alguns estudos voltados para o ensino da Estatística e da Matemática Financeira a partir do uso dessas novas tecnologias da informação e comunicação.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ene Caroline Santos da Silva, Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

É Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade da Bahia (2010), campus XIX .É Licenciada em Matemática pelo Instituto Federal de Pernambuco(2017) onde recebeu o título Láurea Acadêmica por seu relevante desempenho no curso Superior. Especialista em Inovações no Ensino da Matemática.Pós-Graduanda do curso de especialização em Educação Matemática pela Universidade do Estado da Bahia, campus II.

Rodrigo Oliveira Alves, Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

Possui graduação em Matemática pelo Instituto Federal de Pernambuco(2016) e especialização em Estátistica e Matemática Financeira pela Universidade Candido Mendes(2019). Professor da rede privada de ensino.

Erivelton Nonato de Santana, Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

Erivelton Nonato de Santana possui Graduação em Letras Vernáculas - Licenciatura pela Universidade Federal da Bahia (1999), Graduação em Letras Vernáculas - Bacharelado pela Universidade Federal da Bahia (2001), Especialização em Metodologia do Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação pela Universidade do Estado da Bahia (2003), Mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal da Bahia (2005) e Doutorado em Letras pela Universidade Federal da Bahia (2007). Foi Professor Concursado da Secretaria de Educação do Estado da Bahia (2000 - 2003), atuando no Ensino Fundamental, e também Professor Substituto na Universidade Federal da Bahia (2005 - 2007), onde exerceu, posteriormente, a função de Professor Orientador na Especialização de Estudos Lingüísticos e Literários, atuando também como Professor Colaborador no Programa de Pesquisa, Ensino e Extensão de Português (ProPEEP - UFBA), na área de Português Para Estrangeiros (PLE). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus II - Alagoinhas, onde participou de programas de formação continuada para professores, como o PROLIN (Pojuca) e o PARFOR (Alagoinhas). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, trabalhando, principalmente, com os seguintes temas: Português, Análise do Discurso, Leitura e Produção Textual, Ensino de Português para Estrangeiros, Português Instrumental, Aprendizagem, Linguagem, Lingüística Aplicada, Lingüística Textual e História em Quadrinhos.

Referências

BELINI, A. L. As Novas TICs aplicadas à Educação. Youtube, Jun 2016.

Disponível em < https://www.youtube.com/watch?v=doEdVWCMUb0 >. Acesso em: 31 ago. 2022.

BERNARDES, A. O. A utilização do celular por alunos do ensino noturno para o ensino de física: um estudo de caso de um colégio público do estado do Rio de Janeiro. 2015. Disponível em: < http://evidosol.textolivre.org/papers/2015/upload/42.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2022.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática, 1o e 2o ciclos do ensino fundamental. Ministério da Educação. Secretaria do Ensino Fundamental. Brasília, DF, 1998.

CARVALHO, L. de J. GUIMARÃES, C. R. P. Tecnologia: um recurso facilitador do ensino de ciências e biologia. 2015. Disponível em: < https://www.ri.ufs.br/bitstream/riufs/8152/2/TecnologiaRecursoEnsino.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2022.

CÓSER FILHO, M. S. Aprendizagem de Matemática Financeira no Ensino Médio: uma proposta de trabalho a partir de planilhas eletrônicas. 2008. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/14828/000668627.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 07 out. 2021.

CÓSER FILHO, M S. Aprendizagem de Matemática Financeira no Ensino Médio: uma proposta de trabalho a partir de planilhas eletrônicas. 2008. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/14828/000668627.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 07 out. 2021.

FERREIRA, A. O.; SOUZA, M. J. J. A redefinição do papel da escola e do professor na sociedade atual. Vértices, v. 12, nº 3, p. 165-175, 2010.

FLORES, M. L. P. O uso do excel para resolver problemas de operações financeiras. 2006. Disponível em: < https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13678/16034>. Acesso em: 15 mar. 2022.

FORTI, M. C. As TDIC no cotidiano escolar: campo de possibilidades de aprendizagem. 2017. Disponível em: < https://educacao.estadao.com.br/blogs/blog-dos-colegios-santa-maria/tdic-no-cotidiano-escolar/>. Acesso em: 18 jan. 2022.

FURTADO, A. B.; SOUZA, B. S. O uso do software Geogebra no ensino médio: uma abordagem para o ensino de Estatística. 2020. Disponível em: < http://sites.ufca.edu.br/proder/wp-content/uploads/sites/19/2020/02/O-USO-DO-SOFTWARE-GEOGEBRA-NO-ENSINO-M%C3%89DIO-UMA-ABORDAGEM-PARA-O-ENSINO-DE-ESTAT%C3%8DSTICA-1.pdf>. Acesso em: 30 ago. 2022.

GADOTTI, M. Boniteza de um sonho: Ensinar-e-aprender com sentido.2 ed. São Paulo: Editoria e Livraria Instituto Paulo Freire,2011, 23 p.

GOUVEA, S. A. S. MALTEMP, M. V. WebQuest – Uma tecnologia informática para o ensino e aprendizagem de matemática financeira. 2006.Disponível em: < http://www1.rc.unesp.br/igce/demac/maltempi/Publicacao/Gouvea-Maltempi-cibem.pdf.>. Acesso em 16 ago. 2022.

GUTIÉRREZ, A. M. Educacion multimedia: uma propuesta desmistificadora. Segovia, Espanha, 1995.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas, SP: Papirus, 2003.

MARTINS. W. S. et al., M-learning como modalidade de ensino: a utilização do aplicativo Estatística Fácil no ensino médio. 2018. Disponível em: < https://revistas.pucsp.br/index.php/emd/article/view/32882/25612/>. Acesso em: 31 ago. 2022.

MERCADO, L. P. L. (Org.). Novas tecnologias na educação: Reflexões sobre a prática. Maceió. EDUFAL, 2002.

MORAN, J. M. As mídias na educação. In: MORAN, J. M. Desafios na Comunicação Pessoal. 3ª ed. São Paulo: Paulinas, 2007.

MORAN, J. M.; MASETTO, M.; BEHRENS, M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus, 2003.

PACIEVITCH, T. Tecnologia da Informação e Comunicação. 2017.

Disponível em: < https://www.infoescola.com/informatica/tecnologia-da-informacao-e-comunicacao/>. Acesso em: 06 mar. 2022.

PIRES, M. A.; VEIT, E. A. Tecnologias de Informação e Comunicação para ampliar e motivar o aprendizado de Física no Ensino Médio. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 28, n. 2, p. 241 - 248, (2006). Disponível em: < http://sbfisica.org.br/rbef/pdf/050903.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2022.

RODRIGUES, R. B. Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação. Recife: IFPE- Rede e-Tec Brasil, 2016. 86 p.

ROSETTI JÚNIOR, H. O jogo na educação matemática: desenvolvimento de um rpg para trabalhar o conceito de moeda no ensino fundamental. Disponível em: < file:///C:/Users/Windows/Downloads/3607-11163-2-PB.pdf>. Acesso em: 10 mar. 2022.

SANTOS, M. A. dos. Novas tecnologias no ensino de matemática: possibilidades e desafios. 2012. Disponível em: < http://www.pucrs.br/ciencias/viali/tic_literatura/artigos/tics/101092011085446.pdf> Acesso em: 10 mar. 2022.

SANTOS, R. M. B. dos. TIC'S: uma tendência no ensino de Matemática. 2010. Disponível em: < https://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/educacao/tics-uma-tendencia-no-ensino-matematica.htm>. Acesso em: 14 mar. 2022.

SILVA, A. F. AND KODAMA, H. M. Y, 2004. Jogos no Ensino de Matemática. In: II Bienal da Sociedade Brasileira de Matemática, UFBA, 25-29 out 2004. Bahia, BA.

SOUZA, R. F de. O uso da Tecnologia da Informação e Comunicação em uma sequência didática incluindo software Geogebra no ensino da Estatística descritiva. 2019. Disponível em: < revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2432.>Acesso em: 28 ago. 2022.

SUANNO, M. V. R. Novas Tecnologias de Informação e Comunicação: reflexões a partir da Teoria Vygotskyana. 2003. Disponível em: < http://www.abed.org.br/seminario2003/texto16.htm>. Acesso em: 14 mar. 2022.

TAJRA, S. F. Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor na atualidade./ Sanmya Feitosa Tajra. 3.ed. rev. atual e ampl. – São Paulo: Érica, 2001.

VELLOSO, F. Informática: conceitos básicos / Fernando Velloso. - 9ed. - Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.

Downloads

Publicado

2023-12-28

Como Citar

Santos da Silva, E. C. ., Oliveira Alves, R., & Nonato de Santana, E. . (2023). O uso das novas tecnologias da informação e comunicação (NTIC) no ensino da Estatística e da Matemática Financeira no nível médio: uma revisão de literatura. Revista Diálogos Em Educação Matemática, 2(1), e202308. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/redemat/article/view/15286