Saussure: a alguns passos da enunciação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2019v1n62p296-314

Palavras-chave:

Signo. Língua e linguagem. Semiologia da língua. Enunciação

Resumo

Este trabalho tem como objetivo discutir os conceitos de língua, linguagem e signo a partir de uma concepção semiológica envolvendo o encontro de dois grandes nomes da linguística moderna: Ferdinand de Saussure e Émile Benveniste. O aporte teórico que ampara esta reflexão constitui-se pelos Escritos de Linguística Geral e pelo Curso, bem como pelos artigos Estrutura da língua e estrutura da sociedade e Semiologia da Língua, que se encontram no segundo volume dos Problemas de Linguística Geral.  O caminho pretendido procura mostrar que a presença do homem na língua e na linguagem se dá muito antes de Benveniste tomar a língua como uma prática social. Ainda que a dedicação de Saussure tenha recaído ao estudo da língua enquanto unidade de um sistema que funda a ciência linguística garantindo a esta a autonomia epistemológica, os seus escritos, sobretudo as discussões voltadas ao valor do signo, fazem com que nos distanciemos cada vez mais de leituras que insistem em conceber a linguística tão somente amarrada à matéria significante da língua.

 

Saussure: a few steps away from enunciation

This work aims to discuss the concepts of langue, langage and sign from a semiological conception involving the meeting of two great names of modern linguistics: Ferdinand de Saussure and Émile Benveniste. The theoretical contribution that supports this reflection is constituted by the Escritos de Linguística Geral and by the Curso, as well as by the articles Estrutura da língua e estrutura da sociedade and Semiologia da língua, which are found in the second volume of Problemas de Linguística Geral. The intended path seeks to show that man's presence in langue and langage occurs long before Benveniste takes langue as a social practice. Although Saussure's dedication to the study of langue as a unit of a system that founded linguistic science ensuring its epistemological autonomy, his writings, especially the discussions focused on the value of the sign, cause us to distance ourselves more and more of readings that insist on conceiving linguistics only tied to the significant matter of langue.

Keywords: Sign. Langue and langage. Semiology of the langue. Enunciation

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p296-314

Biografia do Autor

Claudia Toldo, Universidade de Passo Fundo


Doutora em Linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, com Pós-doutorado em Linguística - estudos do texto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora e Coordenadora do PPGL – Doutorado e Mestrado em Letras na Universidade de Passo Fundo. Realiza pesquisas em Teorias da Enunciação, principalmente, estuda as reflexões teóricas de Émile Benveniste. Pesquisadora CNPq.
 

Débora Facin, Universidade de Passo Fundo


Doutoranda em Letras pela Universidade de Passo Fundo; Mestre em Letras pela Universidade de Passo Fundo (UPF); Especialista em Linguística e Ensino pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó); Especialista em Produção e Revisão de Textos pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapeco); Graduada em Letras Português / Inglês e respectivas literaturas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc). Tem experiência na Área de Linguística; atua, principalmente, nos seguintes temas: linguística textual, revisão linguística, enunciação, teorias do texto e do discurso, ensino de língua materna, cenografia e ethos discursivo, carnavalização, samba de raiz.

Downloads

Publicado

04/12/2018

Como Citar

TOLDO, C.; FACIN, D. Saussure: a alguns passos da enunciação. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 62, p. 296–314, 2018. DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p296-314. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/4931. Acesso em: 25 set. 2022.