APRENDER A SER PROFESSOR: DOCÊNCIA E FORMAÇÃO CONTINUADA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

Autores

  • Maria Elizabete Souza Couto UESC

Resumo

Este artigo faz parte de uma pesquisa que analisou as aprendizagens da docência proporcionadas por experiências de formação continuada por meio da EAD. No momento discutiremos as aprendizagens da docência de professores que participaram do curso ‘TV na Escola e os Desafios de Hoje’, considerando a escola e a sala de aula como local de formação e aprendizagem da docência.
Muitos são os estudos e pesquisas realizados sobre a formação continuada de professores, no âmbito acadêmico e no das políticas públicas, sendo um dos focos de atenção dos programas e políticas públicas coordenadas pela Secretaria de Educação a Distância – SEED/MEC, com o uso e suporte das tecnologias da informação e comunicação (TIC), sob a orientação e financiamento de organismos estrangeiros, entre eles o Banco Mundial.
A formação continuada é condição importante para a releitura das experiências e aprendizagens. Uma integração ao cotidiano dos professores e das escolas, sendo a escola o local da ação, o currículo o espaço de intervenção e o ensino a tarefa essencial. Candau (1996, p.143) enfatiza que o “locus da formação a ser privilegiado é a própria escola: isto é, é preciso deslocar o locus da formação continuada de professores da universidade para a própria escola de primeiro e segundo graus.”
A formação e a docência fazem parte de um continuum, vão se delineando com o tempo e precisam acompanhar o desenvolvimento científico e tecnológico da sociedade, formando um corpus de saberes que vão dos saberes acadêmicos, aos curriculares, aos disciplinares e as experiências docentes.

Downloads

Publicado

21/01/2009

Como Citar

COUTO, M. E. S. APRENDER A SER PROFESSOR: DOCÊNCIA E FORMAÇÃO CONTINUADA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA. Debates em Educação, [S. l.], v. 1, n. 1, 2009. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/30. Acesso em: 18 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos