O EDUCADOR DO CAMPO: OS DESAFIOS DO PROGRAMA ESCOLA ATIVA NO CENÁRIO DE ALAGOAS

Autores

  • Cristiane Marcela Pepe UFAL
  • Jusciney Carvalho Santana UFAL

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2011v3n6p85

Resumo

A finalidade deste estudo foi analisar as principais contribuições e os desafios na formação dos educadores do campo, apresentados no Programa Escola Ativa, implantado a partir de 1997 em Alagoas. A metodologia adotada foi de cunho qualitativo, por permitir um olhar mais apurado sobre os dados dessa intervenção no Estado, nos permitindo apresentar de forma mais objetiva os avanços que esse Programa vem trazendo para a prática educativa dos educadores nas escolas alagoanas, compreendendo que ainda há muito a ser feito para uma prática educativa verdadeiramente comprometida com a realidade local, sobretudo no que tange ao entendimento do que é a Educação do Campo, e ainda, como essa proposta pode efetivamente contribuir para elevar o desenvolvimento das famílias campesinas.

Downloads

Publicado

04/09/2012

Como Citar

PEPE, C. M.; SANTANA, J. C. O EDUCADOR DO CAMPO: OS DESAFIOS DO PROGRAMA ESCOLA ATIVA NO CENÁRIO DE ALAGOAS. Debates em Educação, [S. l.], v. 3, n. 6, p. 85, 2012. DOI: 10.28998/2175-6600.2011v3n6p85. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/625. Acesso em: 8 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos