A pedagogia mista como alternativa para a prática pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n25p71-84

Resumo

 

Este artigo, de natureza teórica, busca apontar a pedagogia mista como uma alternativa de prática pedagógica que valoriza a aprendizagem de todos os sujeitos, independentes de sua classe social. Para isso, recorremos aos conceitos da teoria do sociólogo Basil Bernstein sobre os códigos linguísticos e as contribuições de Vygotsky acerca da formação dos conceitos científicos.

Biografia do Autor

Benedito Eugenio, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Doutor em Educação (UNICAMP). Professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e do Programa de Pós-graduação em Ensino (PPGEn).

Débora Silveira Barros Bezerra, Secretaria Estadual de Educação da Bahia (SEE-BA)

Licenciada em Ciências Biológicas e Mestra em Ensino (PPGEn/Uesb). Professora de Ciências e Biologia da rede estadual de ensino da Bahia.

Downloads

Publicado

23/12/2019

Como Citar

EUGENIO, B.; BEZERRA, D. S. B. A pedagogia mista como alternativa para a prática pedagógica. Debates em Educação, [S. l.], v. 11, n. 25, p. 71–84, 2019. DOI: 10.28998/2175-6600.2019v11n25p71-84. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/7006. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos