Amor, loucura e transgressão feminina no romance historiográfico “El pergamino de la seducción”

Autores

Resumo

O trabalho que por hora se inicia tem como objetivos investigar os aspectos do amor, da loucura e da transgressão feminina no romance historiográfico El Pergamino de la Seducción, produção ficcional da escritora nicaraguense Gioconda Belli publicada em 2005. De modo geral, objetiva ainda averiguar os caminhos percorridos pela autora na reconstrução - mesmo que ficcional – de um dos personagens mais conhecidos do Renascimento europeu, ou seja, a rainha Juana, a louca de Castilha. Objetiva, também, observar um pouco mais de perto como a loucura é tratada dentro da esfera literária. Para se chegar aos resultados encontrados foi imprescindível levar em conta os apontamentos de Hutcheon (1991), acerca da metaficção historiográfica, e a relação que esta linha de pesquisa guarda com a história real, uma vez que - neste artigo – nos propomos a analisar uma narrativa que de maneira ficcional reescreve a história oficial. 

 

Biografia do Autor

Marília Barbosa de Melo, Universidade Federal de Alagoas

Graduada em Comunicação Social e Letras/Espanhol pela Universidade Federal de Alagoas, onde foi monitora de Leitura e Produção de Texto e bolsista do PIBIC.

Downloads

Publicado

01/04/2018

Como Citar

DE MELO, M. B. Amor, loucura e transgressão feminina no romance historiográfico “El pergamino de la seducción”. Revista Areia, [S. l.], n. 1, p. p. 86 – 99, 2018. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/rea/article/view/3033. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos