Dois poetas, duas mortes: um breve comentário acerca dos escritos finais de Iessiênin e Maiakóvski

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2021v1n70p139-146

Palavras-chave:

Serguei Iessiênin, Vladímir Maiakóvski, Poética do Suicídio.

Resumo

O presente artigo examina brevemente os escritos finais de dois poetas russos do século XX: Vladímir Maiakóvski (1893-1929) e Serguei Iessiênin (1895-1925). Nossa proposta é analisá-los à luz de suas poéticas, bem como, do processo histórico por eles vivido – que possui papel fundamental na discussão. Para isso, traduzimos os dois textos, a partir do original russo, a fim de que a barreira linguística não fosse um empecilho para o leitor brasileiro. A base, à qual os textos por nós discutidos se sustentam, é a temática do suicídio.

Biografia do Autor

Raquel Abuin Siphone, Universidade de São Paulo (USP)

Raquel Siphone é formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte (2014). Atualmente é aluna regular do curso de graduação em Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP) com período sanduíche (2020) na Faculdade de Filologia da Universidade Estatal de Moscou (FILFAK-MGU). 

Downloads

Publicado

14/07/2021

Como Citar

ABUIN SIPHONE, R. Dois poetas, duas mortes: um breve comentário acerca dos escritos finais de Iessiênin e Maiakóvski. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 70, p. 139–146, 2021. DOI: 10.28998/2317-9945.2021v1n70p139-146. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/10660. Acesso em: 16 set. 2021.

Edição

Seção

Estudos Literários