Do livro ao cinema: Iracema e Avatar

Autores

  • Leandro Cauneto Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2014v2n54p68-80

Palavras-chave:

arte, literatura, cinema

Resumo

Nossa pesquisa recai sobre a criação das personagens e das cenas do romance - Iracema, de Alencar e da produção cinematográfica Avatar, de Cameron. Nos elementos apresentados presenciamos a intertextualidade, a representação, a criação das personagens e outros pontos em comum. Apesar da distância cronológica, ambas se aproximam na intertextualidade implícita (Kristeva), na representação das cores, símbolos, enredo, cenas e ações.  Obtemos um diálogo (Bakhtin), através dos pontos de convergência entre as obras. O apoio dos autores, aqui citados, fundamentam nossa pesquisa nas fronteiras das produções artísticas, na literatura, na construção visual e nos discursos múltiplos das linguagens apresentadas.

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2014v2n54p68-80

Downloads

Publicado

18/04/2018

Como Citar

CAUNETO, L. Do livro ao cinema: Iracema e Avatar. Leitura, [S. l.], v. 2, n. 54, p. 68–80, 2018. DOI: 10.28998/2317-9945.2014v2n54p68-80. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/2212. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Estudos Literários