Análise da expressividade cultural do São João de Cachoeira-BA com a contribuição da geotecnologia: a percepção dos moradores locais

Randerson dos Santos Almeida, Renato Barbosa Reis

Resumo


A cidade de Cachoeira, localizada no Recôncavo Baiano, exerceu grande influência na história do Brasil, não só em questões políticas e econômicas, mas também com relação a cultura. Tanto que foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN pelo seu conjunto arquitetônico e paisagístico, sendo considerada Monumento Nacional. Dentre as diversas manifestações e eventos culturais da cidade, destaca-se a Festa de São João da Feira do Porto de Cachoeira, o primeiro São João planejado da Bahia. O marco dessa festa foi o investimento e o apoio da Empresa de Turismo da Bahia - Bahiatursa (empresa governamental de promoção do turismo), em 1972. Após a saída da Bahiatursa da organização do evento e da entrada do poder municipal no final da década de 1980, a festa sofreu mudanças na sua essência, apresentando nos últimos anos sinais de perda da autenticidade. Por isso, o presente artigo traz reflexões acerca da percepção dos moradores locais diante das transformações ocorridas na festa e em sua expressividade cultural. Para a consignação de tais objetivos utilizou-se o estudo de caso e diferentes técnicas de pesquisas, tendo a análise espacial por meio da geotecnologia como principal vetor de investigação. Os resultados indicaram a necessidade de revisão das diretrizes do município, em especial do projeto de organização do São João, desde sua programação até os produtos vendidos, para continuar representante da cultura de raiz do Recôncavo. Desta forma, este artigo contribui para avançar nos estudos ligados a tradição e cultura da Bahia, buscando entender e melhorar as suas contribuições para o desenvolvimento de todos envolvidos no processo.

Palavras-chave


Cachoeira-BA; São João; Expressividade cultural; Percepção dos moradores; Análise espacial

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).